Bolsas

Câmbio

Sony planeja linha completa de robôs após cachorro aibo

Yuji Nakamura e Emily Chang

(Bloomberg) -- Ainda não saiu o veredicto a respeito do novo cachorro de estimação da Sony, o "aibo", mas isso não está impedindo a empresa de pensar em ir mais fundo na robótica.

O vira-lata mecânico, que sairá à venda no Japão na quinta-feira, é apenas o começo da volta da empresa com sede em Tóquio à robótica, disse o CEO Kazuo Hirai à Bloomberg TV. Embora o aibo seja essencialmente um brinquedo, suas capacidades de inteligência artificial e arquitetura robótica podem ser usadas para criar máquinas para vários campos de serviço, disse ele.

"A tecnologia que incorporamos ao aibo -- inteligência artificial, robótica e essa combinação -- em diferentes formas e fatores pode ser usada em outros robôs que podem fazer parte do transporte, da educação e da saúde", disse Hirai a Emily Chang, da Bloomberg. "Ou seja, ele tem muitas aplicações além de ser um robô de entretenimento."

Hirai ordenou o impulso na robótica em 2016, uma década depois de a Sony descontinuar a versão original de seu cão-robô -- então chamado AIBO --, que tinha seguidores fiéis no Japão. Embora prometa mais funcionalidades alimentadas por inteligência artificial avançada, o novo aibo recebeu críticas pela ausência de recursos como os oferecidos por assistentes digitais, como a Alexa, da Amazon, e a Siri, da Apple.

O aibo custa 198.000 ienes (US$ 1.800), mais uma taxa mensal de 2.980 ienes. Os alto-falantes Echo, da Amazon, que rodam a Alexa, são vendidos a preços entre US$ 50 e US$ 230.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos