Bolsas

Câmbio

Ikea gera nova controvérsia com anúncio sobre gravidez

Anna Molin

(Bloomberg) -- A Ikea está oferecendo testes de gravidez gratuitos para tentar atrair clientes e as mulheres cujos resultados forem positivos ganham desconto na compra de um berço novo.

O teste foi embutido na página de um anúncio publicado na revista feminina sueca Amelia. Desenvolvido em parceria com a agência de publicidade sueca Akestam Holst e com a Mercene Labs, o anúncio lança mão do mesmo tipo de tecnologia usado nos kits de testes de gravidez comuns disponibilizados em farmácias.

A iniciativa da empresa fabricante das estantes de livros Billy e das mesas Lack talvez não tivesse chamado a atenção se não fosse pelas instruções fornecidas. O anúncio diz, no topo da página da revista: "Fazer xixi nesse anúncio pode mudar sua vida." As mulheres cujas amostras de urina dão resultados positivos são estimuladas a se inscreverem para receber um cartão de adesão Ikea Family, que oferece promoções especiais para itens selecionados.

Não é a primeira vez que as campanhas de marketing da Ikea geram controvérsia. Em 2016, a maior empresa varejista de móveis do mundo publicou uma série de anúncios chamada "Onde a vida acontece", em que abordou temas como divórcio e famílias monoparentais. Em 2012, a empresa se viu obrigada a pedir desculpas por ter tirado algumas mulheres de seu catálogo na Arábia Saudita e um ano depois foi criticada pela Aliança Transgênera da Tailândia por um comercial que, segundo a organização, desrespeitava os transexuais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos