ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Canadá quer avaliar legalização da maconha com crowdsourcing

Greg Quinn

24/01/2018 13h14

(Bloomberg) -- O crowdsourcing é a mais recente ferramenta que o Canadá pretende usar para avaliar o papel da maconha na economia enquanto o país se prepara para legalizar o uso recreativo neste verão (Hemisfério Norte).

Uma plataforma para coletar informações concedidas voluntariamente sobre preços e uso da maconha será parte do Centro de Estatísticas da Cannabis, que a agência de estatísticas do governo disponibilizará através de seu site, de acordo com um anúncio realizado na terça-feira. Um relatório chamado Conta Econômica da Cannabis, com dados de 1961 a 2017, será publicado na quinta-feira, às 8h30, horário de Ottawa.

"Todos os níveis de governo precisarão de informações relativas à produção, à distribuição e ao consumo de cannabis sem fins medicinais antes e depois da legalização para embasar o desenvolvimento de políticas e regulamentos", afirmou a agência. "O centro também incluirá uma plataforma de crowdsourcing voluntário para coletar informações sobre o preço de compra e o uso de cannabis."

A agência de estatísticas do Canadá divulgou números preliminares em dezembro, estimando que os canadenses chegaram a consumir 6,2 bilhões de dólares canadenses (US$ 5 bilhões) em maconha em 2015, quase a mesma quantidade gasta em vinho. O primeiro-ministro Justin Trudeau comprometeu-se a legalizar completamente o uso recreativo até julho, uma medida que provocou um aumento nos preços das ações dos produtores.

Mais Economia