ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Brasil supera Venezuela em fornecimento de petróleo à China

Milana Vinn e Lucia Kassai

26/01/2018 12h12

(Bloomberg) -- A sede de petróleo da China transformou vizinhos em rivais.

Apesar de enviar volumes de petróleo recorde para a China, a maior importadora do mundo, a Venezuela não consegue competir com o Brasil. Pelo segundo ano, o Brasil superou o atribulado vizinho do norte enviando 455.338 barris de petróleo por dia em 2017, segundo dados aduaneiros da China compilados pela Bloomberg. A Venezuela exportou 405.584 barris por dia, um aumento de 8,3 por cento em relação ao ano anterior, mas insuficiente para superar o Brasil.

"Os dois mercados avançam em direções fundamentalmente opostas", disse Mara Roberts Duque, analista da BMI Research em Nova York, por e-mail. "As operações de petróleo do Brasil conseguiram suportar a tempestade da queda dos preços do petróleo relativamente bem, mas a produção da Venezuela caiu consideravelmente."

A ascensão do Brasil ocorre no momento em que a Venezuela lida com sanções dos EUA e com uma crise econômica cada vez mais profunda, que derrubou a produção de petróleo do país a mínimas históricas. A produção caiu mais de 25 por cento desde 2015, para cerca de 1,7 milhão de barris de petróleo por dia, e deverá diminuir ainda mais em 2018, para 1,4 milhão de barris por dia.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia