ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Bilheteria de Bollywood supera `Star Wars' nos cinemas da China

Lee Miller

29/01/2018 13h28

(Bloomberg) -- Bollywood está conquistando os fãs de cinema chineses com um sucesso em hindi que ultrapassou "Star Wars" em um mercado em que Hollywood está apostando para amortizar as superproduções.

"Secret Superstar", a história de uma menina indiana e muçulmana de 14 anos que luta para virar cantora, ficou no topo da bilheteria da China desde seu lançamento local, em 19 de janeiro, superando as vendas de "Star Wars: Os Últimos Jedi", de acordo com a provedora de dados sobre ingressos Maoyan.

O segundo sucesso consecutivo na China do ator e produtor de Bollywood Aamir Khan, "Secret Superstar", ressalta a rapidez com que o segundo maior mercado de filmes do mundo está mudando dos filmes de franquias como "Velozes e Furiosos", da Universal Pictures, e começando a gostar de filmes do mundo inteiro. Com base nos resultados dos últimos 12 meses, sucessos da Índia, da Tailândia e da Espanha mostram que a bilheteria chinesa talvez já esteja menos concentrada nas superproduções dos EUA.

A agência de notícias oficial Xinhua fez uma conexão diplomática em um editorial: "O apreço dos cinéfilos chineses pelos filmes de Aamir Khan reflete uma busca estética comum aos dois países, que deve ser estendida do aspecto cultural a áreas mais amplas, incluindo a política e a economia."

"Dangal", filme de Khan de 2017, arrecadou US$ 193 milhões na China no ano passado, de acordo com o Boxofficemojo.com. Em comparação, a maior bilheteria de um filme de língua estrangeira no mercado norte-americano foi de US$ 128 milhões, para "O Tigre e o Dragão", há quase duas décadas. "Secret Superstar" caminha para se tornar o segundo filme de maior bilheteria na China que não é uma superprodução, com uma receita de cerca de 743 milhões de yuans (US$ 117 milhões), estima a Maoyan.

O filme tailandês "Bad Genius", sobre dois estudantes pobres, mas brilhantes, que ganham a vida ajudando garotos ricos a colar em provas padronizadas, gerou US$ 41 milhões em 2017 -- 13 vezes mais do que na Tailândia. O thriller "Um Contratempo", falado em espanhol, arrecadou US$ 26 milhões na China continental em 2017, seis vezes mais do que na Espanha, de acordo com o Boxofficemojo.com. Essas bilheterias chinesas seriam suficientes para ficar entre os 10 maiores lançamentos em língua estrangeira de todos os tempos na América do Norte, onde só três filmes já ultrapassaram US$ 50 milhões.

Os filmes de Hollywood em inglês continuam sendo os mais importados na China, ajudados por um acordo que segue normas da Organização Mundial do Comércio e segundo o qual a China importou cerca de 34 filmes por ano dos EUA compartilhando as receitas.

Ainda não existe uma fórmula mágica para o sucesso nos cinemas chineses.

Dois filmes da série hollywoodiana "Velozes e Furiosos" estão entre os cinco de maior bilheteria na história do país. Mas alguns filmes "Star Wars" tiveram um desempenho medíocre. A animação da Pixar "Coco" conquistou cerca de US$ 190 milhões na China no ano passado, quase o mesmo que na América do Norte, mas "Carros 3", da Walt Disney, mal chegou a US$ 20 milhões, em comparação com mais de US$ 150 milhões nos EUA, de acordo com o Boxofficemojo.com.

--Com a colaboração de Hannah Dormido

(Bloomberg) -- Bollywood está conquistando os fãs de cinema chineses com um sucesso em hindi que ultrapassou \"Star Wars\" em um mercado em que Hollywood está apostando para amortizar as superproduções.

\"Secret Superstar\", a história de uma menina ","image":"","date":"29/01/2018 13h34","kicker":"Bloomberg"}}' cp-area='{"xs-sm":"49.88px","md-lg":"33.88px"}' config-name="economia/economia">

Mais Economia