ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 1.Ago.2018
Topo

Goldman contrata chefe de M&A do Santander no Brasil: Fontes

Cristiane Lucchesi

08/03/2018 15h58

(Bloomberg) -- O Goldman Sachs contratou Ricardo Bellissi, ex-chefe de fusões e aquisições e banco de investimento no Santander Brasil, para fortalecer sua equipe na maior economia latino-americana, disseram duas pessoas com conhecimento do assunto.

Bellissi, que iniciou sua carreira como analista de M&A no ING Groep NV no Brasil, será diretor-gerente e chefe de serviços de banco de investimento no Goldman Sachs no Brasil, disse uma das pessoas, pedindo para não ser identificada porque nenhum anúncio oficial foi feito. Antonio Pereira manterá o título de chefe de banco de investimento do Goldman Sachs no Brasil, disse a pessoa.

O Goldman Sachs não comentou. Bellissi não respondeu imediatamente a e-mails em busca de comentários.

O Santander contratou Paulo Mendes para substituir Bellissi na diretoria de banco de investimento responsável por fusões e aquisições e originação de mercado de capitais de renda variável. Mendes foi chefe de banco de investimento e equities do Banco Votorantim. Antes disso, trabalhou no Morgan Stanley e no JP Morgan.

Em fevereiro de 2018, o Goldman Sachs nomeou Maria Silvia Bastos Marques como presidente e CEO no Brasil, a primeira mulher a liderar uma das operações locais da empresa na América Latina e uma entre poucas executivas da região. Maria Silvia, de 61 anos, sucederá Paulo Leme, que se aposenta em abril, disse o Goldman Sachs em um memorando interno obtido pela Bloomberg.

Maria Silvia foi presidente do BNDES, da CSN e da Icatú Seguros. Ela também atuou nos conselhos consultivos da Petrobras e da Vale.

Bellissi passou do ING para o ABN Amro Group NV em maio de 2005, e a unidade do banco no Brasil foi integrada ao Santander em 2008, depois que a empresa com sede em Madri comprou a subsidiária brasileira do ABN, de acordo com sua página do LinkedIn.

No ano passado, o Goldman Sachs contratou o ex co-head de banco de investimento do Morgan Stanley na América Latina, Marcelo Naigeborin, para sua área de special-situations, e Fabio Federici, ex-associate do Grupo BTG Pactual, como vice-presidente de mercados de capitais de renda variável.

Mais Economia