ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Samsonite pretende comprar marca de bolsas após adquirir Tumi

K. Oanh Ha

19/03/2018 12h22

(Bloomberg) -- A Samsonite International, maior fabricante de malas de viagem do mundo, pretende adquirir uma marca de bolsas femininas e está aberta a negócios equiparáveis à compra da Tumi, de US$ 1,8 bilhão, segundo o presidente do conselho da empresa, Timothy Charles Parker.

As bolsas femininas ajudariam a Samsonite a preencher uma lacuna em um momento em que a empresa se concentra em estimular as vendas de acessórios de escritório e produtos para mulheres fora do segmento viagem, disse Parker, em entrevista, na semana passada. Os produtos criados para mulheres atualmente representam menos de 5 por cento das vendas da empresa, que pretende aumentar futuramente a proporção para um quarto.

"Estrategicamente, estamos bastante interessados em bolsas femininas. Queremos encontrar uma marca que se encaixe no restante de nosso portfólio de produtos", disse Parker, presidente do conselho desde 2008. "O único produto em que não temos uma presença grande é a bolsa feminina."

A Samsonite, que registrou receita líquida recorde no ano passado, é dominante no mercado global de malas de viagem, de US$ 19 bilhões. A empresa, que negocia ações em Hong Kong e tem sede em Mansfield, Massachusetts, procura expandir as vendas fora da América do Norte e aumentar o leque de produtos. Os executivos disseram que estão otimistas em relação ao crescimento, já que as viagens internacionais e o sentimento dos consumidores estão em alta.

As ações da Samsonite subiram 21 por cento nos últimos 12 meses.

Parker disse que a Samsonite não está abordando possíveis compradores ativamente, e a empresa provavelmente passará um ou dois anos se consolidando após a aquisição da fabricante de malas de luxo Tumi Holdings, em 2016, por US$ 1,8 bilhão, e a compra da empresa de varejo on-line eBags, no ano passado, por US$ 105 milhões. O mercado de produtos do ramo, exceto os de viagem, pode ser uma possível área para acordos no futuro, disse ele, em outra entrevista à Bloomberg TV, na quinta-feira.

A Samsonite estaria preparada para pagar um ágio e está interessada em marcas de bolsas femininas com presença internacional, disse Parker.

"A maioria das marcas de bolsas femininas pertencem a marcas de luxo e poucas estão abertas à venda", afirmou. "Não temos medo de pagar um preço bom por um bom negócio. Com certeza temos bala na agulha para isso. O essencial é encontrar algo que combine."

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia