ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Bacardi quer seguir exemplo da tequila e sofisticar o rum

Jennifer Kaplan

26/03/2018 12h41

(Bloomberg) -- A tequila, o gim e o bourbon premium têm impulsionado o crescimento da indústria de bebidas alcoólicas. Agora, a Bacardi diz que chegou a vez do rum.

A Bacardi está lançando dois novos produtos de rum premium e relançando uma marca existente para tornar a categoria mais sofisticada. No mercado como um todo, as variedades mais caras representam apenas 15 por cento das vendas de rum, segundo a empresa. O aumento desse número para 25 por cento representaria US$ 550 milhões para o setor.

No segmento premium, a Bacardi já conta com a vodca Grey Goose e com o uísque escocês Dewar. As bebidas atendem a um grupo de consumidores que gasta consistentemente mais de US$ 20 por garrafa de bebida alcoólica, independentemente do tipo. Falta um produto assim para o rum, segundo Ned Duggan, vice-presidente e diretor de gerenciamento de marca do rum Bacardi.

"Cerca de um terço dos consumidores de bebidas destiladas premium tomam rum, mas pagando menos", disse. "O que isso nos mostra é que, como categoria, estamos deixando de fazer muitos negócios."

O volume total de rum nos EUA caiu 3,6 por cento nos últimos quatro anos. As linhas de altíssimo padrão representaram apenas 2,2 por cento do volume em 2017, mas subiram 34 por cento nesse período de quatro anos, segundo o Distilled Spirits Council, uma associação do setor.

O rum pode seguir o caminho da tequila, que vive um surto de crescimento há mais de uma década, disse Duggan. Quinze anos atrás, a maioria dos consumidores de tequila optava por linhas convencionais e poucos consumiam variedades mais caras. Hoje, 58 por cento da tequila vendida tem preço premium ou superior, disse. Os volumes de tequila de luxo nos EUA mais do que quadruplicaram entre 2002 e 2017 e o volume de altíssimo padrão se multiplicou por nove, segundo o conselho.

'Oportunidade semelhante'

"Olhamos para a tequila e para o que aconteceu com ela e vemos uma oportunidade muito semelhante para o rum", disse Duggan.

A Bacardi ampliou seus ativos de tequila anunciando, em janeiro, a aquisição da Patron Spirits International, em um negócio que avaliou a empresa em US$ 5,1 bilhões. Suas novas marcas de rum de alto padrão são a Añejo Cuatro, envelhecida pelo menos quatro anos, e a Gran Reserva Diez, envelhecida pelo menos 10 anos. A Bacardi também oferecerá uma reformulada Reserva Ocho e todos os destilados chegarão às prateleiras das lojas dos EUA nos próximos 45 dias.

A Bacardi, que tem sede nas Bermudas, quer que o rum faça parte do renascimento dos coquetéis.

"Vimos os coquetéis clássicos reconquistarem a preferência de um enorme grupo de consumidores e a categoria rum ficou de fora", disse Duggan. A estratégia para o futuro é "na verdade uma combinação da cultura de coquetéis e de coquetéis de rum e também o consumo puro e moderado".

Mais Economia