Bolsas

Câmbio

Monsanto prevê compra pela Bayer encerrada até junho

Lydia Mulvany

(Bloomberg) -- A Monsanto comunicou nesta quinta-feira que sua aquisição pela Bayer por US$ 66 bilhões será concluída até junho, apesar de o Departamento de Justiça dos EUA ainda não ter aprovado o acordo, quase dois anos após ele ter sido anunciado.

As duas empresas observaram um "sólido progresso", com aprovações antitruste garantidas da Comissão Europeia, da China e do Brasil, e a Bayer anunciando vários desinvestimentos, informou a Monsanto na divulgação de resultados do segundo trimestre fiscal. A empresa com sede em St. Louis, nos EUA, afirmou que está confiante de que garantirá todas as aprovações necessárias e fechará o acordo no segundo trimestre-calendário.

As ações da Monsanto caíram no mês passado depois que pessoas a par do assunto disseram à Bloomberg News que a divisão antitruste do Departamento de Justiça considerava que a proposta da Bayer era insuficiente. O governo quer que a empresa química alemã se desfaça de mais ativos para aplacar suas preocupações, disse uma das pessoas na ocasião.

Devido às reservas do departamento em relação ao acordo, é possível que ele seja fechado só no segundo semestre deste ano, disse Jonas Oxgaard, analista da Sanford C. Bernstein, em nota na terça-feira. Segundo ele, a probabilidade de a aquisição ser concluída é de 85 por cento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos