ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Pilotos amadores de drones entram na mira da Alphabet nos EUA

Alan Levin

05/04/2018 14h16

(Bloomberg) -- Uma associação que representa a Project Wing, da Alphabet, e outras empresas está pedindo ao congresso americano que imponha novas restrições aos milhões de amadores que pilotam drones nos EUA.

O Congresso aprovou uma lei em 2012 que isenta os operadores de drones de seguir as normas da aviação americanas se eles aderiram às regras de segurança estabelecidas pelos grupos de usuários. Essa disposição irritou empresas como a Project Wing, que pede um espaço aéreo ordenado para entregar produtos de consumo usando aparelhos voadores.

Na quarta-feira, a Commercial Drone Alliance pediu aos parlamentares que revogassem essa disposição para que todos os operadores de drones ficassem sujeitos à regulação da Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA, na sigla em inglês), segundo comunicado à imprensa. Todos os drones devem "obedecer a algumas 'regras de trânsito', de senso comum e de baixo custo, relacionadas à identificação remota e muito mais", afirmou o grupo. As regras atuais deram a algumas pessoas "a impressão equivocada de que estão voando legalmente".

Entre os integrantes da aliança estão a CNN, da Time Warner, a Ford Motor e a Associação dos Produtores Americanos de Petroquímicos e Combustíveis (AFPM, na sigla em inglês). Apesar de não ser membro, a Prime Air, da Amazon.com, tem buscado garantias semelhantes de que os pilotos amadores seguirão as regras da FAA antes do início do programa de entregas com drones.

O apelo surge em um momento em que a FAA está elaborando regras que exigiriam que todos ou a maioria dos drones pequenos transmitissem suas identidades para melhorar a segurança. Houve pelo menos uma colisão confirmada entre um drone e uma aeronave tradicional nos EUA, e aumenta o número de relatos de incidentes que quase resultaram em colisões nos EUA.

O grupo de amadores mais antigo do país, a Academy of Model Aeronautics, disse que os operadores de drones desonestos deveriam ser punidos, mas que seus membros seguem os padrões de segurança do grupo e não precisam de restrições adicionais.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia