Bolsas

Câmbio

Governo dos EUA está mudando alimentos que americanos consomem

Leslie Patton

(Bloomberg) -- A rede de restaurantes de fast-food Sonic está misturando cogumelos picados com carne moída para fazer cheeseburgers, e o governo dos EUA está por trás disso.

Os cheeseburgers Sonic Signature Slingers são um esforço calculado do Mushroom Council, um conselho financiado por produtores de cogumelo que é um dos 22 grupos de incentivo criados pelo Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) para promover commodities como algodão, mangas e árvores de Natal.

Desde a década de 1990, o dinheiro para campanhas como "Beef: It's What's for Dinner" e "Got Milk?" veio de taxas obrigatórias que são cobradas aos produtores para financiar as organizações do setor. Agora, esses pagamentos estão sendo ameaçados por pecuaristas e por seus aliados no Congresso, que querem torná-los opcionais. Eles afirmam que preferem que a publicidade não beneficie produtores de carne bovina de outros países, que também pagam taxas, porque a carne bovina dos EUA é a melhor.

Enquanto isso, os produtores de cogumelos estão lucrando. No período de 12 meses encerrado em 28 de janeiro, as vendas nos EUA subiram 4,9 por cento em comparação com o ano anterior, para US$ 1,24 bilhão, de acordo com o Mushroom Council.

Retornos para produtores

Em média, os agricultores recebem de volta cerca de US$ 9 por cada dólar gasto com o marketing, de acordo com um estudo de coautoria de Gary Williams, professor de economia agrícola da Texas A&M University. Por exemplo, o retorno da United Soybean Board é de US$ 5,20, em média, e os produtores de ovos recebem US$ 8,11.

"Os programas são altamente eficazes", disse Williams. "É um retorno muito bom por dólar investido."

Ainda assim, alguns grandes produtores se recusam a pagar as taxas, e alguns entraram com uma ação contra o USDA.

Em 2016, o R-CALF USA, um fundo jurídico sem fins lucrativos que defende pecuaristas independentes dos EUA, registrou uma queixa argumentando que as taxas exigidas violam a Primeira Emenda porque os obriga a subsidiar discursos com os quais não concordam. O grupo apoia a legislação de Mike Lee, senador republicano de Utah, que proíbe a cobrança obrigatória das taxas.

"Somos obrigados a pagar e a fazer propaganda de carne bovina estrangeira nos EUA", disse Bill Bullard, CEO do fundo jurídico de Montana. "Temos um produto superior e cobiçado em todo o mundo."

Maior demanda

Recentemente, os mirtilos desembarcaram no cardápio da rede de churrascarias Sizzler USA na forma de uma limonada de mirtilo - uma grande vitória para o U.S. Highbush Blueberry Council (USHBC), que se empenhou para incluir a bebida no cardápio da churrascaria. A Sizzler tinha 123 restaurantes até o ano passado, segundo a Technomic.

"Como todos os produtores pagam esse fundo, eles querem saber o que o conselho está fazendo por eles", disse Andrew Hunter, um chef que trabalha com os programas de marketing de cogumelos, ovos e mirtilos. "Essa é uma maneira tangível de as diretorias dizerem: 'Isso é o que estamos fazendo por você'. A limonada de mirtilo da churrascaria Sizzler é um resultado tangível."

Em 2015, os mirtilos foram adicionados aos cardápios em mais de 8.000 restaurantes de redes, de acordo com o conselho, que também trabalhou com Dairy Queen, Wendy's e Red Lobster nos últimos anos. O conselho afirma que seus esforços geraram um aumento da demanda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos