Bolsas

Câmbio

Qantas cansou da comida de avião e vende unidade de catering

Angus Whitley

(Bloomberg) -- A Qantas Airways decidiu vender sua divisão de catering para uma empresa da Emirates Group a fim de concentrar os investimentos em áreas como salas premium e rotas de distância ultralonga.

Cerca de 1.200 funcionários da Qantas serão transferidos para a Dnata, informou a companhia aérea australiana em um comunicado nesta quarta-feira. A Dnata, uma empresa de serviços de aviação, fornecerá serviços de catering para voos da Qantas por um período inicial de 10 anos. O valor da transação não foi divulgado.

A Qantas vendeu ativos não essenciais nos últimos anos, incluindo uma divisão de serviços de aeronaves militares, porque se concentrou em aumentar os lucros por meio de clientes premium e voos diretos para destinos distantes. A divisão de catering da companhia, com instalações em Sidney, Melbourne, Brisbane e Perth, é uma operação que exige muito capital e requer veículos especializados para carregar as aeronaves, além de lugares para a preparação de alimentos perto de aeroportos.

A Dnata serve mais de 320.000 refeições por dia, de acordo com seu site. A companhia aérea australiana informou que sua unidade de catering produz mais de 34 milhões de refeições por ano para a Qantas e outras companhias aéreas, o equivalente a cerca de 93.000 por dia.

No mês passado, a Qantas começou a voar entre Perth e Londres, o primeiro serviço de passageiros a conectar a Austrália e a Europa sem escalas. A companhia aérea informou que planeja iniciar uma rota entre Melbourne e São Francisco em setembro e também está considerando voos diretos para Chicago.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos