Bolsas

Câmbio

Apple não é primeira ação a tentar chegar a US$ 1 trilhão

Lee Miller

(Bloomberg) -- Depois que Warren Buffett ampliou sua participação na Apple, alguns especialistas projetam que a empresa deverá atingir um valor de mercado de US$ 1 trilhão. Mas a fabricante do iPhone não é a primeira a trilhar esse difícil caminho.

A PetroChina superou a marca em novembro de 2007, quando suas ações na China continental quase triplicaram de valor quando estrearam no pregão em Xangai.

Mas a empresa de energia estatal já estava abaixo desse patamar um dia depois e havia passado a valer menos de US$ 500 bilhões em março de 2008. Atualmente, ela ocupa o quinto lugar entre as empresas chinesas, com menos da metade dos valores de mercado das gigantes do varejo eletrônico Alibaba Group Holding e dos pagamentos eletrônicos Tencent Holdings -- ambas foram negociadas acima do equivalente a US$ 500 bilhões em vários momentos neste ano.

A Apple superou a casa dos US$ 500 bilhões pela primeira vez em fevereiro de 2012. Atualmente, Amazon.com, Microsoft, Alphabet, empresa controladora do Google, e Facebook são empresas avaliadas em mais de meio trilhão de dólares.

A Microsoft foi a primeira empresa a chegar aos US$ 500 bilhões, em julho de 1999. O valor representava cerca de metade do produto interno bruto anual da China na época. O PIB da China atualmente é de mais de US$ 11 trilhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos