ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Tuíte de Elon Musk anima ilha desesperada por Teslas

Ragnhildur Sigurdardottir

09/05/2018 09h52

(Bloomberg) -- Primeiro ele convenceu Elon Musk a se expandir para a Islândia. Agora, ele prevê um aumento exponencial nas vendas de carros elétricos em um país que gera energia a partir de vulcões.

"A oferta de carros elétricos não está satisfazendo a demanda no momento", disse Johann Olafsson, chefe da Associação de Veículos Elétricos da Islândia, em entrevista em Reykjavik. Se a oferta correspondesse à demanda, as vendas provavelmente "mais do que dobrariam a cada ano nos próximos anos", disse.

Olafsson diz que ficou "entusiasmado" ao receber uma resposta positiva de Musk ao pedido que fez pelo Twitter para a abertura de um centro de serviços da Tesla na Islândia. "Espero que aconteça antes do lançamento do Model 3."

No início deste mês, Musk tuitou para Olafsson: "Obrigado por me avisar. Vamos acelerar. Desculpe pela demora."

Musk, 46, encontrou tempo para responder ao tuíte da Islândia depois de se envolver em uma briga com Wall Street. Ele foi interrogado por analistas que avaliavam as finanças da empresa, na semana passada, depois que a Tesla sofreu contratempos na produção do Model 3, seu primeiro carro fabricado em massa.

Os compradores islandeses interessados em veículos elétricos atualmente enfrentam tempos de espera de até nove meses, disse Olafsson. Segundo dados fornecidos pela ON Power Company, maior distribuidora de eletricidade da Islândia, a ilha contava com menos de 100 veículos movidos a eletricidade (incluindo híbridos) no início de 2014. Esse número havia subido para 6.145 em abril deste ano.

Os veículos elétricos custam ainda menos para rodar na Islândia do que em outros lugares. Graças à sua localização sobre um sistema de vulcões, a Islândia conta com energia geotérmica suficiente para oferecer eletricidade gratuita aos seus cerca de 350.000 habitantes. (Os islandeses desfrutam até de calçadas aquecidas em algumas cidades.)

Os veículos elétricos estão praticamente isentos de IVA na Islândia (uma isenção que terminará quando forem vendidos mais de 10.000 veículos elétricos) e são totalmente livres de impostos de importação. O governo, liderado pela primeira-ministra ambientalista Katrín Jakobsdóttir, do Movimento de Esquerda Verde, diz que a melhora da rede de estações de recarga tem papel fundamental no apoio ao distanciamento dos combustíveis fósseis sujos.

A remoção de incentivos similares fez a venda de veículos elétricos despencar na Dinamarca, apesar de o primeiro-ministro do país, Lars Lokke Rasmussen, ter afirmado recentemente que está disposto a reconsiderar os subsídios.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia