Bolsas

Câmbio

Cazaquistão reduz euros em carteira; investe pensões no Brasil

Nariman Gizitdinov

(Bloomberg) -- Banco Central do Cazaquistão reduziu pela metade a participação do iene em suas reservas e diminuiu a alocação em euros enquanto ampliou investimentos em dólares americanos e australianos.

A moeda única europeia representou 15% da carteira de investimentos do banco central em 2017, ante 20% um ano antes, enquanto a participação do iene caiu de 10% para 5%, disse o BC em resposta por e-mail às perguntas. Por outro lado, a fatia em dólar subiu de 45% para 52%. O Banco Central não especifica o tamanho de sua carteira de investimentos, que faz parte de seus US$ 32 bilhões em reservas.

Separadamente, o banco central do Cazaquistão escolheu 11 mercados emergentes para investir as economias de aposentadorias que também gerencia. Compras começaram por dívidas estaduais denominadas em dólares do Brasil, México, Chile, Peru, Polônia e Indonésia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos