Bolsas

Câmbio

Para campeã da globalização, Trump pode ter razão sobre comércio

Nick Rigillo

(Bloomberg) -- A empresa que fez fortuna com a globalização diz que Donald Trump pode ter razão em relação ao comércio.

"Há um argumento muito forte a favor do comércio global, de que ele torna todos mais ricos", disse Soren Skou, CEO da A.P. Moller-Maersk, a Guy Johnson, da Bloomberg TV. "Mas também é verdade que os EUA, em particular, têm alguns enormes desequilíbrios comerciais e, em alguns casos, não estão sendo tratados de forma justa nos mercados fora dos EUA."

A empresa dinamarquesa, que administra a maior linha de contêineres do mundo, divulgou um prejuízo inesperado nesta quinta-feira. Mas culpou os custos crescentes, e não o rufar dos tambores da guerra anticomércio, pelo resultado decepcionante do primeiro trimestre.

"Não creio que possamos dizer neste momento que estamos vendo o comércio global cair por causa de tensões comerciais ou algo assim", disse Skou. "Obviamente, o sentimento é afetado pelas negociações entre os EUA e a China, em particular, para acordos comerciais, o que provavelmente também terá um efeito de longo prazo se não for resolvido rapidamente."

De fato, há outra área da política dos EUA que preocupa a Maersk: o Irã.

"Acho que se os EUA impuserem as sanções na configuração atual será realmente impossível para qualquer linha de transporte marítimo internacional que faça negócios nos EUA atender o mercado iraniano", disse Skou.

A Maersk administra cerca de 20 por cento de todos os produtos do mundo transportados pelo mar. A empresa emprega 88.000 pessoas em 130 países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos