ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Novos bilionários da saúde da China têm passado nos EUA

Venus Feng e Yoojung Lee

01/06/2018 12h58

(Bloomberg) -- Lou Jing obteve seu doutorado na Universidade de Fordham, no Bronx, antes de completar os estudos de pós-doutorado no National Institutes of Health. Frank Zhang obteve o seu pela Duke University antes de ir a Nova Jersey para trabalhar na Schering-Plough.

Os dois chineses têm muito mais em comum do que a formação nos EUA. Eles figuram entre pelo menos 15 bilionários criados pelo setor farmacêutico em expansão de seu país, o segundo maior do mundo, porque recentemente a China adotou regras para acelerar a aprovação de medicamentos.

Lou, presidente da 3SBio, de 55 anos, é dono de 26 por cento da empresa farmacêutica diretamente e por meio de companhias controladoras com seu pai e sua esposa, o que lhe rende uma fortuna de US$ 1,8 bilhão, segundo o Bloomberg Billionaires Index. Uma porta-voz preferiu não comentar sobre a riqueza dele.

Sua fortuna cresceu mais de 30 vezes nos últimos cinco anos, desde que Lou optou por sair da Nasdaq e voltar ao seu país em 2013, quando o valor de mercado da empresa era de US$ 392 milhões. As ações da companhia, que fabrica remédios para tratar o câncer de mama e a trombocitopenia imune, um distúrbio sanguíneo, começaram a ser cotadas em Hong Kong dois anos depois. Hoje valem cerca de US$ 7,3 bilhões.

"Quando ele era estudante de doutorado, eu não percebi que ele se interessasse pelos possíveis benefícios financeiros de fazer ciência", disse Berish Rubin, um professor de Biologia que deu aulas a Lou em Fordham, por e-mail. "Ele estava genuinamente interessado no processo de descoberta e abordava isso de forma muito sistemática e efetiva."

Boom

Zhang é presidente e CEO da GenScript Biotech, a primeira empresa a obter aprovação do governo chinês para começar testes em humanos para um tratamento contra o câncer do sangue chamado CAR-T. As ações da empresa, na qual ele possui uma participação de 21 por cento, mais do que dobraram seu valor desde o anúncio feito em dezembro, e elevaram a fortuna dele para US$ 1,3 bilhão. Uma porta-voz confirmou a participação acionária dele.

Zhang, 53, estudou Bioquímica em Duke e foi pesquisador de pós-doutorado e cientista principal associado na Schering-Plough antes de fundar a GenScript em Nova Jersey em 2002. A empresa, que faz pesquisa e tem sua produção principal em Nanjing, China, fechou parceria com a Janssen Biotech, uma unidade da Johnson & Johnson, e recebeu um pagamento de US$ 350 milhões no ano passado.

O setor de saúde da China está crescendo rapidamente. A receita de 253 empresas farmacêuticas e de biotecnologia chinesas examinadas pela Bloomberg aumentou em média 26 por cento no ano passado.

O setor de saúde tem "apresentado solidez no desempenho financeiro e no crescimento da receita e dos lucros, à frente de todos os setores industriais", disse Zhang Jialin, analista do setor na ICBC International em Hong Kong, por e-mail. "Políticas favoráveis estão sendo implementadas pelos órgãos reguladores para acelerar a revisão e aprovação de medicamentos."

(Atualizações com valor de mercado da 3SBio no quarto parágrafo, declínio da ação no 10º.)

--Com a colaboração de Blake Schmidt, Pei Yi Mak e Jenn Zhao.

Repórteres da matéria original: Venus Feng em Hong Kong, vfeng7@bloomberg.net;Yoojung Lee em Seul, ylee504@bloomberg.net

Mais Economia