Bolsas

Câmbio

Safra de vintage 2016 revigora mercado do vinho do Porto

Elin McCoy

(Bloomberg) -- Você é um desses amantes de vinho que continua achando que o vinho do Porto vintage é para gente antiquada que o saboreia enquanto reclama em poltronas cheias de teias de aranha? Por favor, deixe de bobagem a tempo de comprar algumas garrafas da melhor safra em anos, que chegará às lojas em breve.

Confie em mim. Os vintages do Porto de 2016 são gloriosos, como descobri há algumas semanas, quando um grupo de produtores de vinhos do Porto passou por Nova York em uma turnê mundial de marketing.

Fortificados com um pouco de conhaque, esses vinhos tintos deliciosos e levemente adocicados do norte de Portugal combinam aromas de violetas e ervas silvestres com sabores intensos de ameixa madura e uma textura tão suave e aveludada que é impossível resistir a deixá-lo fluir pela língua. Os de 2016 têm tudo isso e um elemento adicional de frescor apetitoso.

Dizem que os vinhos do Porto devem ter entre 20 e 40 anos para suavizar os taninos e harmonizar os sabores, um problema neste mundo de gratificação instantânea. Mas os de 2016 têm um equilíbrio tão impressionante, pura volúpia frutada, e taninos tão polidos que talvez seja difícil deixá-los guardados durante décadas. Melhor ainda, você não precisará. Eles já são gostosos agora e com poucos anos de envelhecimento só vão melhorar.

"Este é um dos vintages emocionantes", afirma Christian Seely, diretor administrativo da Axa Millesimes, dona de uma das mais famosas vinícolas do Porto, a Quinta do Noval.

O entusiasmo com essa safra começou em meados de abril, quando todas as principais vinícolas do Porto "declararam" que 2016 era um "ano vintage" do Porto. Não existe uma regra formal para declarar um vintage -- qualquer produtor pode declarar um vintage do Porto em qualquer ano --, mas quando todos os grandes produtores fazem isso em uma "declaração geral" é indício de um ano de qualidade realmente alta. Isso aconteceu apenas 11 vezes nos últimos 40 anos, sendo que os mais recentes são os vintages de 2011.

Também existe um aspecto autolimitante nisso. Como diz Rupert Symington, cuja família é dona de 26 vinícolas no Douro, "quando lançamos [um vinho do Porto vintage], ele tende a causar muito alvoroço".

Colheita menor, qualidade maior

O que moldou o caráter fresco e delicioso dos vinhos de 2016 foi o clima difícil. Depois das chuvas do inverno, de uma primavera fria e úmida com um índice de precipitações três vezes maior do que a média e de um verão excepcionalmente quente (quase 43º C!), veio a chuva de meados de setembro. E aí chegou o clima ideal que durou até outubro. Essa combinação resultou em uvas equilibradas e perfeitamente maduras com uma acidez fresca. E a colheita longa e tardia com noites frias contribuiu para a pureza das frutas dos vinhos. A safra foi de 20 por cento a 30 por cento menor do que em 2011 e, como resultado, os preços subiram.

Cerca de metade das terras de vinhedos no Vale do Douro é dedicada às uvas para a produção de vinhos do Porto, que vêm em meia dúzia de estilos, do vinho branco ao Ruby básico e aos vinhos do Porto premium, como o Tawny, que é envelhecido por décadas em barris e se tornou mais popular nos EUA nos últimos 10 anos.

O vinho do Porto vintage, no topo da escala de qualidade, é uma mistura de diversas variedades de uvas de uma única safra e responde por apenas 1 por cento ou 2 por cento da produção. Em algumas vinícolas, as uvas continuam sendo esmagadas artesanalmente, pisoteadas em tanques rasos de granito chamados lagares; algumas agora contam com "pés" mecânicos.

Embora as vendas da maioria dos estilos de vinho do Porto estejam em declínio -- e a revolução dos vinhos no Douro se resuma aos tintos secos --, o vinho do Porto de mais alta gama tem mostrado um crescimento constante. Uma das razões para um recente aumento foi o excelente vintage de 2011, lançado em 2013, que estimulou novos compradores. (Simultaneamente, 2011 foi um ano ruim para os Bordeaux e os Borgonha.)

Os produtores do Porto apontam que os preços atuais para os vintages de 2011 aumentaram significativamente desde que foram lançados, cinco anos atrás. O preço de garrafas de Dow's, uma das principais vinícolas do Porto, que pertence à Symington Family Estates, por exemplo, subiu 211 por cento.

Mercado de colecionadores

O vinho do Porto ainda tem um problema de imagem no mercado. Muitos consumidores consideram que todos os vinhos do Porto são antiquados e excessivamente doces. David Guimaraens, da Fladgate Partnership, que possui três grandes propriedades, admite: "O vinho do Porto vintage é para os admiradores do vinho. O ideal é servi-lo como uma bebida para relaxar no fim do jantar."

Christian Seely explica: "Nosso maior desafio é convencer as pessoas de que estes vinhos estão entre os melhores do mundo. Eles estão no nível de qualidade de um Premier Cru Bordeaux, mas custam apenas um décimo do preço."

Em outras palavras, eles são uma pechincha.

O Brexit é outro problema iminente para esse mercado e por isso este é um ótimo momento para que os colecionadores se informem sobre os vinhos do Porto vintages. Os maiores fãs desse vinho fortificado são os britânicos. Terminar um jantar chique sem um vinho do Porto é praticamente impensável no Reino Unido e é por isso que o banquete que a rainha ofereceu a Xi Jinping em 2015 contou com taças de Warre's de 1977.

Se o Reino Unido abandonar o mercado comum e aplicar tarifas às mercadorias da UE, os preços do vinho do Porto aumentarão e a demanda pode cair.

"Já estamos sentindo o efeito da depreciação da libra em relação ao euro desde junho de 2016", diz Rupert Symington. "A rentabilidade ficou bastante reduzida."

Até agora, os chineses ainda não estão buscando os principais nomes dos vinhos do Porto do mesmo jeito que fazem com os Bordeaux e Borgonha. Mas a esperança é a última que morre; Symington diz que sua empresa mantém um representante em tempo integral em Xangai.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos