ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Danske desafia Commerzbank em batalha de projeções sobre a Copa

Nick Rigillo

08/06/2018 11h47

(Bloomberg) -- O Brasil ganhará a Copa do Mundo na Rússia, não a Alemanha.

É o que aponta o Danske Bank, o último banco europeu a projetar o resultado do torneio de futebol que começa na Rússia na semana que vem.

Assim como o alemão Commerzbank, que prevê outra vitória dos atuais campeões, o maior banco da Dinamarca usa uma combinação de variáveis e depois as submete a milhares de simulações para projetar o ganhador. Diferentemente de seu par alemão, o Danske também acrescenta à equação variáveis econômicas como o PIB per capita.

Esse modelo dá ao Brasil, cinco vezes campeão da Copa, uma chance de 17 por cento de ficar com o troféu em Moscou em 15 de julho. Alemanha e Argentina têm 12 por cento de chances cada e Espanha, França e Bélgica vêm na sequência, com 7 por cento.

A região nórdica, principal mercado do Danske, está bem representada no torneio, já que Suécia, Dinamarca e Islândia competirão na Rússia. As chances de título de suas seleções, contudo, são baixas.

Mas é preciso cautela. Os leitores que avaliarem essas informações devem ter em mente as palavras de Ezra Solomon: "A única função da projeção econômica é fazer a astrologia parecer respeitável."

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia