ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Ex-JPMorgan Juliana Pagetti vai liderar expansão da Tera Capital

Cristiane Lucchesi

08/06/2018 07h00

(Bloomberg) -- Juliana Pagetti, ex-responsável pelo private banking local do JPMorgan Chase no Brasil, juntou-se à family office Tera Capital com o objetivo de atrair novos clientes.

Juliana, que entrou para a Tera como sócia responsável pela expansão, disse em uma entrevista que a empresa tentará aumentar o número de famílias clientes de nove para cerca de 30 "de uma maneira muito cautelosa e seletiva". Os serviços prestados pela Tera incluem gestão de fortunas, planejamento sucessório e aconselhamento filantrópico.

Os sócios do Pátria Investimentos fundaram a Tera há três anos para gerenciar sua própria fortuna, e os ativos cresceram para cerca de R$ 4 bilhões desde então. As fortunas sob gestão pela indústria de private banking e family office no Brasil cresceram 5,4% neste ano até março, para R$ 1 trilhão, de acordo com a Anbima, a associação de mercados de capitais do país.

O Pátria, sediado em São Paulo, uma das maiores empresas de gestão de investimentos alternativos com foco em ativos latino-americanos, tem como sócio o Blackstone Group LP, sediado em Nova York. A empresa foi fundada há 30 anos por ex-sócios do Banco Patrimônio, onde Pagetti iniciou sua carreira como estagiária em 1997. O Patrimônio foi comprado em 1998 por um antecessor do JPMorgan Chase, onde Pagetti passou 11 anos em Nova York e os últimos cinco anos no private banking no Brasil.

"Trabalhar com os sócios do Pátria novamente é bom - quase como voltar às minhas origens no Patrimônio", disse Pagetti.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia