Bolsas

Câmbio

Fundo de pensão canadense estreia captação em títulos verdes

Maciej Onoszko e Scott Deveau

(Bloomberg) -- O comitê de investimento do fundo de pensão do Canadá planeja sua primeira emissão de títulos verdes denominados em dólares canadenses. A entidade conhecida pela sigla CPPIB amplia a lista de emissores que vendem dívidas desse tipo para financiar investimentos favoráveis ao meio ambiente.

"A emissão de títulos verdes é um passo lógico na abordagem do CPPIB para investimentos focados na mudança climática e ficamos contentes em sermos pioneiros entre os fundos de pensão neste sentido", afirmou Poul Winslow, diretor-gerente sênior e responsável global por mercados de capitais e investimentos baseados em fatores, em comunicado divulgado nesta segunda-feira. "O capital levantado ajudará a apoiar robustos investimentos de longo prazo em ativos verdes elegíveis que posicionam o fundo para sucesso contínuo."

O comunicado do CPPIB não especificou o tamanho nem o cronograma da emissão, mas informou que o fundo sediado em Toronto engajou o Centro para Pesquisa Climática Internacional, especializado em segundas opiniões sobre se determinados papéis se qualificam como títulos verdes.

O arcabouço do CPPIB para títulos verdes permite investimentos em energia solar e eólica, gestão sustentável de água e esgoto, além de edifícios verdes. O fundo planeja investir mais de 3 bilhões de dólares canadenses (US$ 2,3 bilhões) em energia renovável, antecipando uma transição global para uma economia menos poluente.

A emissão de títulos verdes pelo país, calculada pela Bloomberg em 8 bilhões de dólares canadenses, tem sido dominada pelos governos das províncias. Porém, outros emissores, como municípios e seguradoras, entraram nesse mercado nos últimos meses.

Em novembro, a Manulife Financial tornou-se a primeira empresa de seguro de vida do mundo a emitir títulos verdes. A seguradora fez a colocação em dólares de Cingapura e, em maio, realizou a primeira emissão corporativa de títulos verdes denominados em dólares canadenses desde 2015.

O município de Ottawa vendeu títulos verdes em novembro e Toronto pretende fazer o mesmo no segundo semestre.

A província de Ontário lidera as captações com títulos verdes no país, com 3,05 bilhões de dólares canadenses em papéis vendidos em cinco transações, incluindo a maior já feita por lá ? 1 bilhão em títulos com prazo de sete anos, em colocação realizada em janeiro.

O CPPIB investe em nome do Plano de Pensão do Canadá. Esse fundo de previdência com 356,1 bilhões de dólares canadenses em ativos recebeu nota máxima pelas três principais agências de classificação de risco de crédito. A instituição começou a emitir dívidas em2015 e já lançou papéis denominados em moeda local, dólares americanos e euros.

Repórteres da matéria original: Maciej Onoszko em Toronto, monoszko@bloomberg.net;Scott Deveau em Toronto, sdeveau2@bloomberg.net

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos