Bolsas

Câmbio

Inditex investe em alta tecnologia para competir com Amazon

Rodrigo Orihuela

(Bloomberg) -- A Inditex está aproveitando os investimentos em tecnologia que estão aumentando a eficiência na internet e nas lojas físicas, ajudando a dona da Zara a enfrentar a incursão da Amazon.com no corredor da moda.

Os ganhos no período de três meses até abril, de 851 milhões de euros (US$ 999 milhões), ultrapassaram as estimativas dos analistas e a margem bruta aumentou após atingir o menor nível em uma década no ano passado. As vendas, no entanto, ficaram abaixo das expectativas, segundo comunicado de terça-feira.

A Inditex lançou uma série de novas tecnologias em lojas selecionadas da Zara em todo o mundo nos últimos meses, incluindo exibições com realidade aumentada e hologramas de roupas, com o objetivo de misturar mais as operações on-line com as das lojas físicas. Uma nova loja conceito no Reino Unido usa braços robóticos para entregar pedidos feitos pela internet para clientes que passam para retirar. A rival sueca Hennes & Mauritz tem tido dificuldades para reanimar o crescimento das vendas porque os equívocos em relação à moda e a concorrência cada vez maior elevaram os estoques a um nível recorde de mais de US$ 4 bilhões.

A Zara iniciou as vendas on-line na Austrália e na Nova Zelândia durante o primeiro trimestre. A Inditex planeja começar a operar um novo centro de distribuição de 90.000 metros quadrados perto de sua sede, em Arteixo, na Espanha, neste verão (Hemisfério Norte) e está trabalhando em um novo centro logístico na Holanda. Esses investimentos ultrapassarão a casa dos 150 milhões de euros, informou a empresa.

"O modelo de negócio globalmente escalável da empresa serve bem à expansão on-line", escreveram Alvira Rao e Andrew Ross, analistas do Barclays.

Com o aplicativo de realidade aumentada da Zara, apontando os smartphones para as vitrines da Inditex o cliente pode ver imagens em movimento de modelos exibindo a coleção mais recente.

A Inditex informou que planeja substituir um membro do conselho que está de saída por Pilar López Álvarez, chefe da Microsoft na Espanha. Neste ano, a empresa de varejo contratou Sergio Alvarez, um dos fundadores da CartoDB, uma das maiores startups de tecnologia da Espanha, para reforçar suas operações digitais.

A Inditex, que opera também as marcas Pull & Bear e Oysho, anunciou um aumento de 41 por cento nas vendas pela internet no ano passado. A estratégia de adotar estoques baixos e giros rápidos a deixa mais parecida com diversas empresas de comércio eletrônico do que com a maioria das empresas de varejo tradicionais.

O fundador da Inditex, Amancio Ortega, 82, vem caindo no ranking da Bloomberg de pessoas mais ricas do mundo. Após brigar ombro a ombro com Bill Gates e Warren Buffett no ano passado, atualmente ele é o número 6, superado por novatos como Jeff Bezos e Mark Zuckerberg.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos