ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

SoftBank e Toyota criam empresa para carros autônomos

Pavel Alpeyev, Kevin Buckland e Ma Jie

04/10/2018 13h07

(Bloomberg) -- O SoftBank Group e Toyota Motor, do Japão, apostam em um futuro em que os consumidores e as empresas vão suprir suas necessidades de transporte a pedido, e criam empreendimento que desenvolverá e implementará tecnologias de transporte particular e carros autônomos.

A Monet Technologies lançará inicialmente serviços de atendimento a agências públicas e empresas privadas do Japão, seguidos pela implementação de veículos autônomos em 2020, disseram as duas empresas em entrevista coletiva conjunta em Tóquio nesta quinta-feira. Depois do Japão, a Monet se expandirá globalmente, disseram.

O conglomerado que investe em tecnologia e a maior fabricante de veículos da Ásia estão procurando recuperar o atraso em uma área onde as empresas de tecnologia e as fabricantes de carros dos EUA assumiram a liderança. Esta é a primeira colaboração significativa entre o SoftBank e a Toyota, que já investiram bilhões de dólares em startups de transporte particular. As empresas japonesas procuram uma nova forma de aumentar sua presença em serviços de direção automatizada e de transporte compartilhado, que ameaçam ser disruptivos nos mercados de veículos e de transporte.

"A Toyota não tem a possibilidade de ignorar este negócio", disse Koji Endo, analista da SBI Securities. "Ela tem que começar o experimento, caso contrário outra empresa fará isso."

'O primeiro passo'

O SoftBank terá pouco mais de 50 por cento do empreendimento e a Toyota controlará o restante. A venture terá inicialmente uma capitalização de 2 bilhões de ienes (US$ 17,5 milhões) e chegará a 10 bilhões de ienes, se for necessário, afirmaram. O SoftBank e a Toyota afirmaram que o empreendimento deverá proporcionar uma variedade de serviços, como veículos para entrega de refeições nos quais a comida é preparada durante o trajeto, ônibus hospitalares onde poderão ser realizados exames médicos, e escritórios móveis.

"A empresa de mobilidade é apenas o primeiro passo", disse o fundador do SoftBank, Masayoshi Son, em conversa no palco com o presidente da Toyota, Akio Toyoda. "Haverá um segundo e um terceiro e eu espero que a conexão seja aprofundada daqui para a frente."

O nascente setor de carros autônomos é liderado pela unidade Cruise, da General Motors, e pela Waymo, a unidade autônoma do Google, da Alphabet. Empresas como a Uber Technologies e a Tesla também estão avançando mais no setor. A Toyota e o SoftBank até agora fizeram investimentos separados em empreendimentos desse tipo. A Monet não desenvolverá carros autônomos e focará nos aplicativos de negócios que os utilizam.

Os serviços de transporte com veículos autônomos são um setor que precisa ser construído do zero, disse Vivek Vaidya, vice-presidente do setor automotivo e de transporte da Frost & Sullivan para a região Ásia-Pacífico em Cingapura.

"As parcerias são o caminho a seguir", disse Vaidya. "O SoftBank tem vários investimentos estratégicos em empresas de transporte particular on-line e agora eles querem começar a se expandir no desenvolvimento de novos chips projetados especificamente para carros autônomos. A Toyota talvez queira aproveitar isso."

--Com a colaboração de Rahul Satija e Yuki Furukawa.

Repórteres da matéria original: Pavel Alpeyev em Tóquio, palpeyev@bloomberg.net;Kevin Buckland em Tóquio, kbuckland1@bloomberg.net;Ma Jie em Tóquio, jma124@bloomberg.net

Mais Economia