ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Fundo do Louvre tem novo modo de restaurar monumentos da França

Suzy Waite

01/11/2018 14h34

(Bloomberg) -- O fundo de doações do Louvre - responsável pela manutenção de uma das coleções de obras de arte mais antigas do mundo - encontrou uma nova maneira de gerar retornos para ajudar a restaurar os castelos e igrejas da França.

O fundo de investimento de US$ 289 milhões do museu do Louvre investiu em um chamado fundo de impacto que ajudará a preservar edifícios históricos e parques ambientais. Administrado por uma empresa de private equity com sede em Paris, a Alter Equity, o fundo é o terceiro desse tipo que o fundo de doação financiou para investir em tudo, desde educação a joias e sapateiros na França.

O investimento de impacto está conquistando adeptos entre as grandes instituições, já que os investidores buscam maneiras de atrelar metas sociais, ambientais ou objetivos baseados em valores à geração de dinheiro. O fundo de doações do Louvre investiu em estratégias do tipo, e também em fundos de hedge, dívida de mercados emergentes e ações relacionadas à energia, para dar impulso aos retornos, de acordo com o CEO Philippe Gaboriau.

"As missões do Louvre são educação, arte e patrimônio, bem como profissões artísticas e turismo, e é por isso que investimos no fundo de impacto", disse Gaboriau, acrescentando que os retornos da dotação registraram uma média de 6 por cento ao ano.

A Alter junta-se à Apax Partners e à Mirabaud Private Equity na gestão de investimentos de impacto para o Louvre. A Alter investiu em companhias francesas, como Remade Group, uma empresa de renovação de smartphones; Innovafeed, uma empresa de biotecnologia que usa proteínas de insetos para a alimentação de animais; e Open Airlines, que se concentra em eficiência energética e software de condução ecológica para companhias aéreas.

Aproximadamente 3 por cento do portfólio geral do Louvre é investido em fundos de private equity com uma estratégia de impacto, uma proporção que não mudará por enquanto, disse Gaboriau. O Louvre está aumentando seus investimentos de impacto após reduzir suas participações em ações desde o final do ano passado.

A seguir, um resumo de como o fundo de doações aloca seu dinheiro:

O fundo tem 30 por cento em ações, em comparação com 55 por cento no final do ano passado;

O fundo do Louvre aumentou constantemente sua exposição a fundos de hedge nos últimos dois anos, para 20 por cento, um patamar que planeja manter;

Ações de energia respondem por 4 por cento de seus ativos;

O fundo aumentou suas participações em dívidas de mercados emergentes de 7 por cento para 10 por cento no final de agosto.

Mais Economia