ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

'Vingadores: Ultimato' é antecipado em ano cheio de super-heróis

John McCorry

07/12/2018 15h06

(Bloomberg) -- A Walt Disney divulgou as primeiras imagens de "Vingadores: Ultimato" e antecipou a data de lançamento em meio a um ano repleto de filmes de super-heróis que poderia ser o teste definitivo do apelo da Marvel.

O filme "Ultimato" ("Endgame", em inglês), quarto capítulo cinematográfico da história do time de super-heróis que salva o universo, agora tem estreia programada para abril (a data anterior era 3 de maio). Outro dos filmes da Marvel, que pertence à Disney, "Capitã Marvel" estreia em março, ou seja, provavelmente haverá uma significativa sobreposição nos cinemas.

A Disney, a 21st Century Fox, sua parceira em uma fusão pendente, e a Sony detêm os direitos de vários personagens da Marvel, o que gerou uma enxurrada de filmes para os próximos meses. A Sony lançará "Homem-Aranha no Aranhaverso" neste mês. A Fox oferecerá dois filmes dos X-Men em 2019. E "Homem-Aranha: Longe de Casa", uma colaboração entre Disney e Sony, está previsto para julho.

Com isso, haverá estreias de novos filmes da Marvel aproximadamente a cada 40 dias durante os próximos oito meses.

A Marvel Studios divulgou um trailer nesta sexta-feira para "Ultimato", que até então não tinha título. No ponto em que havíamos deixado Homem de Ferro, Capitão América e o resto da equipe, eles estavam sendo derrotados por Thanos, um supervilão que havia eliminado metade da população do universo com um estalar de dedos. O complicado é explicar como e por quê.

Mas o importante é que a série é uma grande fonte de renda da Disney. Até o momento, os três filmes dos Vingadores arrecadaram pelo menos US$ 5 bilhões em todo o mundo desde 2012.

E as histórias individuais dos Vingadores são ampliadas pelo trailer. O Homem-Formiga, por exemplo, reaparece. (No fim de seu último filme, ele havia ficado preso no Reino Quântico após ter sido reduzido a um tamanho microscópico. Mais uma vez, é complicado explicar.)

Qual a importância disso? É que os filmes da Marvel que não são da série Vingadores, e há muitos deles, arrecadaram mais cerca de US$ 12 bilhões. "Ultimato" ajudará a conectá-los.

A ameaça definitiva ao universo da Marvel, afinal, pode não ser Thanos, e sim um mercado supersaturado.

Mais Economia