IPCA
0.43 Fev.2019
Topo

Ford supera Amazon e Google em registros de patentes nos EUA

Susan Decker e Ryan Beene

2019-01-09T10:45:04

09/01/2019 10h45

(Bloomberg) -- A Ford Motor pode ser uma gigante industrial de 115 anos, mas está à frente de empresas como Google, da Alphabet, e Amazon em um importante indicador de inovação.

A fabricante de veículos com sede em Dearborn, Michigan, EUA, entrou na lista das 10 maiores recebedoras de patentes dos EUA no ano passado, com 53 a mais do que o Google e 88 a mais do que a Amazon, segundo análise de números do Escritório de Patentes e Marcas dos EUA realizada pela IFI Patent Claims Services, da Fairview Research. A Ford superou a Apple por 37 patentes.

De Detroit a Tóquio, as fabricantes de automóveis buscam se livrar da imagem de fabricantes tradicionais e se transformar em empresas de "mobilidade", injetando bilhões de dólares em tecnologia de carros autônomos e novos serviços de transporte para levar pessoas e mercadorias.

As 2.123 patentes recebidas pela Ford no ano passado representam o triplo das 707 obtidas em 2013. Entre os projetos de última geração da Ford está o pacto com o Walmart para testar um conceito de entrega de itens de supermercado. A Ford informou que planeja lançar um veículo autônomo de propósito específico com um modelo de negócio de direção autônoma até 2021 e está testando carros autônomos desenvolvidos com a parceira Argo AI.

A Toyota Motor não fica atrás no que diz respeito a patentes. A fabricante de veículos japonesa ficou em 13º lugar, com 1.959 patentes, e informou na segunda-feira que dividiria com concorrentes sua tecnologia para um sistema de segurança automatizado. A Hyundai Motor ficou em 19º lugar, com 1.369, e a General Motors em 27º, com 1.046 patentes.

A Ford e duas empresas chinesas -- a fabricante de celulares e equipamentos de rede Huawei Technologies e a fabricante de telas BOE Technology Group -- foram as únicas entre as 20 primeiras a conseguir um aumento de dois dígitos no número de patentes recebidas, segundo análise da IFI.

--Com a colaboração de Keith Naughton.

Repórteres da matéria original: Susan Decker em Washington, sdecker1@bloomberg.net;Ryan Beene em Washington, rbeene@bloomberg.net

Mais Economia