PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Millennials garantem mercado imobiliário aquecido no Canadá

Natalie Wong

26/04/2019 14h30

(Bloomberg) -- Toronto, Montreal e Vancouver registraram o maior fluxo de millennials em 12 anos, um dos principais motivos pelos quais a demanda por moradias deve permanecer forte, apesar dos custos crescentes, segundo o Royal Bank of Canada.

A população entre 20 e 34 anos aumentou em 96.000 nas três cidades no ano passado, a maior parte vinda do exterior, disse Robert Hogue, economista do banco com sede em Toronto, em relatório divulgado na quinta-feira. De fato, para cada millennial que deixou as maiores cidades do país em busca de regiões mais baratas, houve a entrada de 7 a 12 millennials vindos do exterior ou de outras partes do país.

Os millennials estão migrando para as cidades atraídos pela prosperidade econômica e ambiente cultural. O Canadá também instituiu um programa de visto express para trabalhadores com alta qualificação e registrou um aumento de estudantes internacionais no país.

"A demanda habitacional não corre o risco de esfriar tão cedo", disse Hogue. "O que pode diminuir, no entanto, é a taxa de jovens famílias que compram um imóvel. Os altos preços das moradias impõem uma barreira impossível para que muitos millennials se tornem proprietários de imóveis em uma cidade grande. Espere uma proporção maior deles alugando no futuro."

A questão foi destacada em outro relatório divulgado na quinta-feira pelo site imobiliário Zoocasa: apenas 10% dos residentes com maior renda em Toronto podem comprar um imóvel, enquanto em Vancouver essa parcela é de apenas 2,5% no segmento de alta renda.

--Com a colaboração de Natalie Obiko Pearson.

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Patricia Xavier, pbernardino1@bloomberg.net

Economia