IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Príncipe Charles ganha novo título: dono de hotel boutique

Claire Ballentine

22/05/2019 10h32

(Bloomberg) -- Viver como um príncipe ficou mais fácil.

No começo do mês, a instituição de caridade do príncipe Charles da Inglaterra, a Prince's Foundation, inaugurou o Granary Lodge, com vista para o Castelo de Mey, um dos destinos favoritos do Príncipe de Gales. O luxuoso bed & breakfast está localizado em Caithness, na costa norte da Escócia.

Construída no século XVII, a pousada passou por muitas transformações, tendo sido usada até como celeiro, curral e garagem, mas permaneceu vazia por vários anos. Há dois anos, o príncipe Charles coordenou esforços para reformar a propriedade com 10 quartos de hóspedes, além da construção de um lounge, área de recepção e salão para café da manhã."Tem muita personalidade", diz Shirley Farquhar, administradora do Castelo of Mey Trust, sobre a pousada. "Tinha que ter o estilo certo e combinar com o castelo."

Os novos e luminosos quartos são aconchegantes, com detalhes florais e cores pastel. O lounge serve como ponto de encontro com seus grandes sofás e lareira de pedra, com vista para a via marítima Pentland Firth até o arquipélago Orkney, enquanto as mesas de madeira escura da sala de jantar e o relógio de pêndulo transportam os hóspedes aos anos 1600.Robert Lovie, diretor de divulgação da Prince's Foundation, diz que o príncipe Charles esteve muito envolvido no projeto de reforma e queria que tudo fosse feito "adequadamente" - desde as cores dos quartos até os tecidos usados.

O Castelo de Mey é um lugar especial para o príncipe Charles, porque antes pertencia à sua avó, a rainha Elizabeth, a Rainha-Mãe, diz Lovie, e Charles cresceu visitando o lugar durante o verão.

O Castelo de Mey tem uma história turbulenta desde que foi construído por volta de 1570 por George, o 4º conde de Caithness, para o segundo filho, William Sinclair. Em 1573, William foi morto pelo irmão mais velho, John, que por sua vez foi assassinado, e o castelo foi então herdado por um terceiro irmão, George, que fundou a família dos Sinclairs of Mey e cujo descendente sucedeu ao condado em 1789.

Quando George, o 15º conde, morreu aos 30 anos em 1889, sem deixar herdeiros, o castelo trocou de dono algumas vezes antes de a rainha Elizabeth, a Rainha-Mãe, comprá-lo em 1952.

Atualmente, o café da manhã - feito com ingredientes de fornecedores locais - é a única refeição servida, mas a pousada espera começar a oferecer jantares a partir do segundo semestre.

O café da manhã consiste em pratos escoceses como mingau, bacon e ovos, frutas frescas e ovos Benedict; o jantar também seguirá as tradições escocesas.

Os quartos custam entre 160 libras esterlinas (US$ 203) e 195 libras por noite, e toda a renda é destinada ao Castle of Mey Trust para administrar a propriedade. Farquhar diz que o baixo preço tem como objetivo de tornar a experiência mais acessível.

Mais Economia