PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Star Wars: Galaxy's Edge espera público recorde na sexta-feira

Christopher Palmeri

30/05/2019 11h08

(Bloomberg) -- A Walt Disney revelou ao público o tão esperado Star Wars: Galaxy's Edge, permitindo uma primeira visita na quarta-feira à ambiciosa expansão de seu parque temático Disneyland, no sul da Califórnia.

O projeto de 5,7 hectares é a maior atração incorporada ao parque que o fundador Walt Disney inaugurou em Anaheim, em 1955, e assume seu lugar ao lado dos famosos Frontierland, Tomorrowland e Fantasyland. O Galaxy's Edge abre as portas ao público na sexta-feira e, no fim de agosto, uma área semelhante será inaugurada no Hollywood Studios da Disney em Orlando, na Flórida.

O presidente da Disney, Bob Iger, lançou as bases para a estreia quase sete anos atrás, com a aquisição do império "Star Wars" do cineasta George Lucas por US$ 4 bilhões. O meganegócio, um dos vários fechados sob o comando do CEO de 68 anos, trouxe uma nova geração de filmes de aventura espacial, brinquedos, programas de TV e investimentos de bilhões de dólares em parques. A aquisição ajudou a consolidar o status da Disney como a maior empresa de entretenimento do mundo.

"Este é o maior acontecimento desde que a Disneylândia foi inaugurada", disse o consultor Dave Price, cujo pai ajudou a projetar o parque original para Walt Disney. "Eles passaram um ano demolindo apenas para criar o local para o Star Wars."

Multidões

A empresa se prepara para a multidão recorde prevista no novo parque Star Wars, cujos investimentos somaram US$ 1 bilhão, enquanto a cidade de Anaheim está dobrando o número de policiais de trânsito para orientar carros e pedestres. Em março, a empresa anunciou seu primeiro sistema de reservas para o parque, exigindo que os visitantes do Galaxy's Edge ficassem em um dos três hotéis da empresa na área ou reservassem vagas on-line. As reservas on-line, esgotadas até 23 de junho, desapareceram em duas horas.

A Disney permite visitas de quatro horas ao Galaxy's Edge - após esse período, os visitantes serão convidados a sair. Pulseiras coloridas irão identificar os visitantes e a hora de chegada. Na semana passada, a empresa testou candidatos para atuar como stormtroopers fantasiados. Os candidatos tinham que ter cerca de 1,8 metro, mais de 18 anos e concluído o ensino médio.

A Disney testou as atrações com funcionários nas últimas duas semanas. A empresa também está aproveitando a inauguração para introduzir algumas outras mudanças na política do parque: eliminar áreas para fumantes, proibir carrinhos de bebê acima de um determinado tamanho e reduzir a altura das calçadas para facilitar o acesso.

Também vai haver muitas oportunidades para fazer compras. O Galaxy's Edge terá uma loja que permite aos visitantes projetar seus próprios sabres de luz, semelhante ao que os fãs fazem na loja de varinhas Ollivanders, no parque do Harry Potter da Universal Studios. Por até US$ 200 cada, custarão quatro vezes mais.

Outra novidade na Disneyland será o álcool - servido no Oga's Cantina, dentro do parque, que foi projetado para reproduzir o famoso lounge de jazz do primeiro filme "Star Wars", em 1977. A empresa contratou o compositor John Williams para criar uma trilha sonora original para o Galaxy's Edge. Novas opções de comida em restaurantes como o Oga's, Docking Bay 7 Food e Cargo, além de opções de fast-food como o Ronto Roasters, incluem aveia com pitaia, costelas de porco Kaadu defumadas, wraps e leite azul.