PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Tuítes de Trump afastam investidores de metais, diz Macquarie

Aoyon Ashraf

06/06/2019 13h36

(Bloomberg) -- O interesse em metais e ações de mineração está em alta em meio a valuations baratos, embora alguns investidores ainda hesitem entrar em um setor marcado pela volatilidade alimentada, pelo menos em parte, pelos tuítes do presidente Donald Trump, segundo o Macquarie.

A percepção negativa em relação ao setor é explicada pela preocupação dos investidores de que "as ações estão sendo impulsionadas mais por manchetes macro e tuítes do que por fatores ligados aos fundamentos", escreveu em nota David Lipschitz, analista do Macquarie, citando investidores que participaram da conferência anual do banco em Nova York esta semana.

A guerra comercial EUA-China causou estragos nos setores de metais e commodities industriais em geral, fazendo com que o índice Bloomberg Commodity fosse negociado perto dos níveis mais baixos desde 2016. No entanto, nem tudo é má notícia no setor - a demanda por ouro está aquecida porque o metal é considerado um porto seguro. Já o cobre parece estar recebendo algumas avaliações positivas de investidores. "Os participantes estão mais otimistas em relação ao cobre do que ao alumínio", disse Lipschitz sobre a percepção dos investidores que participaram do evento, explicando que a expectativa ainda é déficit na oferta de cobre devido à menor produção das minas.

O interesse dos investidores no setor aumenta diante dos valuations atraentes após a persistente onda vendedora, escreveu Lipschitz. No entanto, o analista destaca "a falta de catalisadores" em termos de fundamentos que impede uma valorização maior.