PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Xbox da próxima geração será quatro vezes mais rápido

Christopher Palmeri, Hailey Waller e Dina Bass

10/06/2019 08h15

(Bloomberg) -- A Microsoft disse que o console Xbox de próxima geração será quatro vezes mais rápido do que o atual Xbox One X, graças a um processador AMD com capacidade de 120 frames por segundo.

O dispositivo, chamado de Projeto Scarlett, reduzirá a latência ao carregar os jogos. O produto será lançado a tempo para o Natal de 2020 com uma nova versão do Halo, o popular jogo de tiro da empresa.

A Microsoft também disse que sua plataforma de streaming xCloud, que permite aos usuáriosjogar em qualquer lugar, armazenando os jogos na nuvem, será lançada em outubro.

A empresa anunciou as novidades em um evento em Los Angeles, na véspera da E3, a grande feira do setor de videogames que começa nesta terça-feira. A notícia destacou o compromisso da Microsoft com uma nova geração de hardware, ao mesmo tempo em que oferece novas formas de os consumidores transmitirem jogos para vários dispositivos.

Pela primeira vez, a Sony não participará da feira este ano, provavelmente para anunciar seu próprio console de próxima geração futuramente. O PlayStation 4 da Sony é o modelo mais vendido entre a atual geração de dispositivos de jogos.

"Não estão perdendo a narrativa dos consoles de próxima geração para a Sony e desenvolvem seu futuro de jogos híbridos", disse Matthew Kanterman, analista de videogames da Bloomberg Intelligence, sobre o anúncio da Microsoft.

A Microsoft enfrenta um novo tipo de concorrência em jogos. Empresas de tecnologia avançam com serviços de streaming baseados na Internet. O Google vai lançar o serviço Stadia de US$ 10 por mês em novembro. A Microsoft tenta ampliar seu apelo para todos os tipos de jogadores, incluindo aqueles que usam um computador pessoal.

A geração atual, o Xbox One, começou a ser vendida em 2013 com uma recepção morna, pois a empresa começou cobrando um preço alto por um aparelho focado em uma experiência de entretenimento mais ampla, afastando-se de jogadores mais experientes. Depois de um corte de preço e um foco voltado ao seu público tradicional, as vendas se recuperaram um pouco, mas nunca chegaram perto do rival PlayStation 4 da Sony em receitas totais.

A Microsoft apresentou 60 novos jogos no evento e anunciou um novo serviço de assinatura, o Xbox Game Pass Ultimate, que oferece jogos de console, PC e multiplayer on-line por uma mensalidade de US$ 15.

Repórteres da matéria original: Christopher Palmeri em Los Angeles, cpalmeri1@bloomberg.net;Hailey Waller em N York, hwaller@bloomberg.net;Dina Bass em Seattle, dbass2@bloomberg.net