IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Bitcoin praticamente elimina ganhos depois de alta meteórica

Vildana Hajric

28/06/2019 07h38

(Bloomberg) -- A alta da Bitcoin foi meteórica esta semana, mas a queda foi tão rápida quanto.

Trata-se da típica volatilidade do mundo das criptomoedas, onde um frenesi em relação à Bitcoin elevou a cotação para quase US$ 14.000 na quarta-feira, o maior nível desde janeiro de 2018. O maior ativo digital então reverteu sua rota em questão de minutos, depois que uma importante bolsa de criptomoedas informou sobre uma interrupção dos negócios. A baixa se intensificou na quinta-feira e colocou a moeda perto do nível onde estava há cinco dias.

A valorização da moeda relembrou a bolha do mercado de criptomedas, que estourou no final de 2017 quando a Bitcoin e outras moedas digitais - abaladas por restrições regulatórias e questões relacionadas a fraudes - caíram em desgraça. A Bitcoin, por exemplo, era cotada em torno de US$ 3.600 apenas seis meses atrás.

Os que apostam no mercado de criptomoedas se animaram ainda mais este ano depois que grandes nomes de Wall Street mostraram maior interesse e aceitação das criptomoedas e da tecnologia blockchain, ajudando a elevar as cotações. Os preços dispararam no início do mês, quando o Facebook revelou planos de lançar sua própria moeda digital - muitos defensores citaram o anúncio como uma validação do potencial que os ativos digitais possuem para transformar drasticamente o sistema financeiro global.

Mas a reversão de quinta-feira levou um dos maiores defensores da Bitcoin, Mike Novogratz, a lamentar por não ter diminuído as apostas antes que a moeda devolvesse quase todos os ganhos.

A Bitcoin se desvalorizou 19% na quinta-feira, reduzindo a perda para 16% no final do dia. A volatilidade está perto dos níveis mais altos desde o início de 2018, quando a bolha das criptomoedas estava desinchando.

"Parece que o mercado de criptomedas esquentou demais ontem e agora está esfriando", escreveu em nota Mati Greenspan, analista sênior de mercado na plataforma de trading e-Toro. "Que mercado incrível, onde o preço pode cair cerca de 15% em menos de uma hora e nos trazer de volta às altas do pregão anterior."

Moedas alternativas também se desvalorizaram na quinta-feira. Tanto o Ether quanto o Litecoin perderam 14%. O Índice Bloomberg Galaxy Crypto, que monitora alguns dos maiores ativos digitais, mostrou queda de 19%.

Economia