PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Número de estrangeiros em Portugal sobe para nível recorde

Henrique Almeida

28/06/2019 13h54

(Bloomberg) -- O número de residentes estrangeiros residentes em Portugal é recorde.

A população imigrante do país aumentou 14% em 2018, para 480.300 pessoas em relação ao ano anterior. É o maior número desde pelo menos 1976, segundo um relatório do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (SEF).

O país de 10,3 milhões de habitantes, cuja população tem encolhido desde 2010, oferece vistos de residentes para não europeus que investem em imóveis, além de benefícios fiscais para estrangeiros.

Os incentivos fiscais, uma economia estável, laços históricos com o Brasil e a percepção de Portugal como um lugar seguro - terminou em quarto lugar no Índice Global da Paz de 2018 - fizeram do país um ímã para os estrangeiros, disse Ricardo Cabral, professor de economia na Universidade da Madeira, em Portugal. Em 2018, um em cada cinco residentes estrangeiros em Portugal havia emigrado do Brasil, segundo o SEF.

E, embora os novos residentes ofereçam um impulso para uma economia cuja população está envelhecendo, alguns portugueses reclamam dos preços no mercado imobiliário, que subiram com o aumento da demanda.

"Muitos locais não podem mais se dar ao luxo de morar no centro da cidade de Lisboa", disse Isabel Sá da Bandeira, diretora da organização People Live Here, que tem como objetivo cobrar as autoridades para que mantenham a qualidade de vida na capital. "Os preços estão muito altos."