IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Dispositivos ganham espaço em lista de material escolar nos EUA

Olivia Rockeman

10/07/2019 09h54

(Bloomberg) -- Não é só impressão: de fato, os smartphones e tablets estão cada vez mais presentes na lista do material escolar das crianças.

Pela primeira vez, os gastos das famílias em dispositivos eletrônicos devem superar a quantia gasta em computadores e hardware durante a temporada de compras de material escolar, segundo um relatório da Deloitte.

As estimativas apontam gastos de US$ 3,6 bilhões dos americanos em dispositivos eletrônicos - que incluem dispositivos wearable e planos de dados móveis - antes do início do calendário escolar nos Estados Unidos. O valor é US$ 800 milhões superior aos gastos no mesmo período do ano passado, um aumento de 29%. Em hardware, que inclui computadores, os gastos devem somar US$ 3,1 bilhões.

Segundo a pesquisa, no grupo que planeja comprar dispositivos eletrônicos -- uma em cada cinco pessoas -- a média pretendida de gastos com esses produtos é de US$ 305, ou 13% mais em relação ao ano passado. Os gastos com computadores e hardware, por sua vez, devem cair cerca de 4,3%, para uma média de US$ 286.

Jovens americanos usam cada vez mais smartphones, em parte por causa da pressão dos amigos, mas também porque o poder da computação melhorou muito nos últimos anos, disse Rod Sides, vice-presidente do conselho da Deloitte.

"A idade de adoção do celular continua caindo", disse.

O total de gastos na temporada de volta às aulas deve mostrar leve aumento neste ano, para US$ 27,8 bilhões, com gasto médio de US$ 519 por família, segundo a Deloitte.

Mais Economia