PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Aliança Ford-Volks aumenta pressão sobre concorrentes

Kyle Lahucik

11/07/2019 14h20

(Bloomberg) -- Uma aliança mais ampla entre a Ford Motor e a Volkswagen tem potencial para transformar a indústria automotiva global e aumentar a pressão sobre outras montadoras em áreas que incluem veículos elétricos e autônomos, disseram analistas.

Se a Volks concordar em conceder uma licença de sua plataforma de veículos elétricos para a Ford, o acordo deve ajudar a montadora alemã a atingir as estimativas de lucro para 2020 "garantindo" algum ganho com veículos elétricos no ano que vem. Além disso, a parceria também forneceria à Volks "uma vantagem de escala indiscutível no mercado", disse Angus Tweedie, analista do Citigroup. O acordo poderia aumentar a produção de veículos elétricos movidos a bateria da Volkswagen na Europa para 400 mil unidades em 2020, escreveu Tweedie em relatório.

A Ford pode alavancar seu acesso à arquitetura de carros elétricos da Volks para cumprir regras mais rigorosa de emissões europeias. Apenas em 2020, os pagamentos acrescidos de custo da Ford para a Volks somariam 400 milhões de euros (US$ 450 milhões) em 2020, estimou Tweedie.

O Credit Suisse disse que uma aliança mais ampla entre as duas montadoras poderia combinar a força da Volks em veículos elétricos com a da Ford em carros autônomos, permitindo que ambas "resolvam esses desafios de maneira mais eficiente em termos de capital". A parceria forçaria outras montadoras a "buscar mais sinergias" para se manterem competitivas, disseram analistas liderados por Daniel Schwarz em relatório.

"Um investimento da Volks no negócio de veículos autônomos da Ford forneceria uma validação pública fundamental (semelhante ao investimento do SoftBank no GM Cruise) e poderia ser apenas o começo do capital externo para os negócios de veículos autônomos da Ford", disse Schwarz. Volks e Ford são as ações preferidas no setor automotivo dos analistas do Credit Suisse na Europa e nos EUA.