IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Hamptons tem número recorde de imóveis à venda

Oshrat Carmiel

25/07/2019 11h49

(Bloomberg) -- Quem está em busca de casas para temporada de férias nos Hamptons, em Nova York, está com sorte: há um número recorde de imóveis para escolher, caso haja interesse em comprá-los.

No fim do segundo trimestre, 2.557 imóveis estavam há venda, um salto de 84% em relação ao ano anterior e a maior oferta disponível desde 2006, segundo relatório divulgado na quinta-feira pela agência de avaliação imobiliária Miller Samuel e corretora Douglas Elliman Real Estate. As vendas caíram pelo sexto período consecutivo, para 498 imóveis, o menor volume desde o segundo trimestre desde 2011.

Os candidatos a comprar um imóvel nos Hamptons, o playground à beira-mar dos abastados de Nova York, estão mais cautelosos, frustrados com várias coisas, desde mudanças nos impostos até surpresas no emprego e remuneração em Wall Street. A nova lei tributária limita as deduções federais para os impostos de propriedade, aumentando os encargos de possuir um imóvel caro. Os bônus de Wall Street - o motor por trás dos investimentos imobiliários nos Hamptons - caíram 17% em média no ano passado, a primeira queda desde 2015.

Os interessados na compra de imóveis "estavam esperando pelo negócio definitivo", disse Todd Bourgard, gerente regional de vendas da Douglas Elliman para os Hamptons. "Os preços estavam um pouco acima do que eles consideravam como o valor real de mercado, e ficaram à margem."

Quem quer vender pode ter de se esforçar mais para convencer os compradores. O desconto médio oferecido para imóveis vendidos no trimestre foi de 10,4%, acima dos 9,5% um ano antes. Os compradores pagaram menos do que o proprietário estava pedindo em 87% dos acordos fechados no trimestre, disse Jonathan Miller, presidente da Miller Samuel.

"Não é que não estejam dispostos a comprar", disse Miller. "Mas não vão passar de um certo limite."

--Com a colaboração de Sydney Price.

Mais Economia