Topo

NotreDame Intermédica prepara oito compras em onda de aquisições

Vinícius Andrade

01/08/2019 09h20

(Bloomberg) -- A operadora de saúde brasileira NotreDame Intermédica está em conversas para oito potenciais aquisições, com três delas já em fase de due diligence, segundo fonte familiarizada com o assunto.

A NotreDame Intermédica já assinou um non-disclosure agreement para as oito possíveis compras, disse a pessoa, que pediu para não ser identificada porque a informação não é pública. Na semana passada, a empresa informou que assinou um acordo para comprar o Grupo Ghelfond por R$ 240 milhões. Ainda neste ano, a empresa já havia anunciado a compra do Hospital AMIU e da operadora Belo Dente.

A Intermédica não quis comentar, citando período de silêncio antes da divulgação de resultados.

A Intermédica, que foi adquirida pela Bain Capital em 2014, conta com 21 hospitais, 75 centros clínicos e 20.000 funcionários. Desde a sua oferta pública inicial, em abril de 2018, as ações da operadora acumulam alta de 165%, contra ganho de 19% para o Ibovespa no mesmo período. A Bain Capital vem reduzindo a sua fatia na empresa, mas ainda é o principal acionista.

Economia