IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Novo carro japonês levanta voo por um minuto durante teste

Ma Jie

05/08/2019 10h24

(Bloomberg) -- Um novo carro voador voou por cerca de um minuto no Japão, mas voou.

Projetado pela NEC, o veículo é basicamente um grande drone com quatro hélices com capacidade de transportar pessoas. A fabricante japonesa de eletrônicos fez uma demonstração com a máquina, sem passageiros e dentro de um espaço cercado, nos arredores de Tóquio na segunda-feira. Movido a bateria, o veículo levantou voo brevemente cerca de 3 metros acima do solo antes de pousar novamente.

Por trás da demonstração um pouco desinteressante e sem muita emoção, existe uma ambição maior: o governo do Japão quer que o país seja líder em carros voadores para compensar a desvantagem no segmento de veículos elétricos e transporte por aplicativo. O roteiro tecnológico do país prevê o transporte de mercadorias por carros voadores por volta de 2023 e de passageiros nas cidades até 2030.

"O Japão é um país densamente povoado e isso significa que os carros voadores poderiam aliviar muito a carga sobre o tráfego rodoviário", disse Kouji Okada, líder do projeto na NEC. "Estamos nos posicionando como um facilitador para a mobilidade aérea, fornecendo dados de localização e construindo infraestrutura de comunicações para carros voadores."

Nos últimos anos, surgiu no Japão uma pequena e entusiasmada comunidade de carros voadores que acredita que o país possui a expertise em engenharia e o ambiente certo para promover um setor global de carros voadores. Capitalistas de risco do país abriram um fundo especializado, chamado Drone Fund, para investir em aeronaves autônomas em geral e em empresas de carros voadores, em particular.

Embora a demo de segunda-feira esteja entre as primeiras realizadas por uma grande empresa japonesa, a NEC não planeja produzir o carro voador em larga escala, segundo Okada. A responsável pela missão será a Cartivator, parceira do projeto, que planeja a fabricação em larga escala do veículo em 2026, segundo o cofundador da startup, Tomohiro Fukuzawa.

O Japão não é o único país que busca liderar uma utopia de carros voadores; Dubai, Cingapura e Nova Zelândia anunciaram intenções semelhantes. A Kitty Hawk, controlada pelo cofundador do Google, Larry Page, também desenvolve um carro voador, assim como o Uber Technologies.

O carro voador da NEC vai sair da "jaula": a Cartivator já recebeu permissão do governo japonês para voos em espaços livres.

Para contatar o editora responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net

Mais Economia