PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Jogo Beer Pong ganha versão sustentável com copos de alumínio

Craig Giammona

27/08/2019 14h48

(Bloomberg) -- Apesar de ser um jogo com bebidas que tradicionalmente usa copos de plástico, o Beer Pong também pode se tornar ecologicamente correto.

A Ball Corp., empresa de embalagens fundada há 139 anos, está lançando um copo de alumínio. A Ball se beneficiou com a iniciativa de fabricantes de bebidas de usar menos plástico diante da pressão da sociedade para combater a poluição.

A empresa diz que pode substituir os famosos copos vermelhos Solo presentes nos campi universitários e mesas de piquenique dos Estados Unidos com um produto que classifica como "infinitamente reciclável". A empresa também tem como alvo os copos de cerveja vendidos nos principais estádios esportivos profissionais, alguns dos quais começarão a usar o produto no último trimestre.

O novo produto será mais caro do que seus concorrentes, mas a empresa aposta que consumidores mais jovens, preocupados com a poluição do plástico, pagarão um prêmio para tomar cerveja em um copo mais sustentável.

"Achamos que estarão abertos a fazer essa escolha", disse John Hayes, presidente da empresa com sede em Broomfield, no Colorado. "Sabem que poluímos nosso mundo e querem fazer algo a respeito."

Hayes disse que os copos custarão em torno de 25 centavos de dólar cada. Um pacote de 100 copos vermelhos Solo de cerca de 500 ml custa US$ 16,95 no Walmart.com, ou cerca de 17 centavos de dólar por copo.

A Ball, líder global em vendas de latas de alumínio, é uma das empresas com melhor desempenho no índice S&P 500. As ações da empresa acumulam alta de mais de 70% este ano, apesar das disputas tarifárias. Mais cerveja artesanal está sendo produzida em latas atualmente, enquanto a Coca-Cola e a PepsiCo testam a venda de suas marcas de água engarrafada Dasani e Aquafina em embalagens de alumínio diante da tendência de consumidores de evitar o plástico.

O alumínio tem mais valor do que o plástico no mercado de reciclagem, parte do motivo pelo qual é considerado mais sustentável. As latas também são menos propensas a flutuar no oceano.

A Ball desenvolve o copo de alumínio há sete anos e está investindo "algumas centenas de milhões" de dólares para construir uma fábrica que fornecerá o produto, segundo Hayes.

O teste piloto começará esta semana em uma importante universidade que prometeu reduzir o uso de plástico. Os copos devem estar disponíveis em lojas de varejo em 2021, disse Hayes.

Para contatar a editora responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net