IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

GIP busca captar US$ 5 bi para novo fundo de mercados emergentes

Gillian Tan

19/11/2019 11h55

(Bloomberg) -- O Global Infrastructure Partners busca captar US$ 5 bilhões para seu primeiro fundo de mercados emergentes, segundo uma pessoa com conhecimento do assunto.

O fundo tem como alvo retorno bruto em dólares de 20% ao ano, com foco em investimentos em transporte, energia, água e resíduos em países de renda média da América Latina e Ásia, exceto a Índia, disse a pessoa, que pediu anonimato porque a captação de recursos é privada. Representantes do GIP não responderam imediatamente a pedidos de comentário.

O fundo do GIP será administrado por Jim Yong Kim, ex-presidente do Banco Mundial, e Jin-Yong Cai, ex-CEO da International Finance Corp., que mais recentemente trabalhou no TPG.

O GIP, que administra mais de US$ 51 bilhões, é liderado por Adebayo Ogunlesi, um ex-executivo do Credit Suisse que também é o principal diretor do conselho do Goldman Sachs. A empresa também tenta levantar até US$ 22 bilhões para seu quarto fundo global de infraestrutura, que seria o maior do setor. O GIP recebeu aprovação de investidores para aumentar a meta original de US$ 20 bilhões em meados do ano, de acordo com a correspondência vista pela Bloomberg. O Wall Street Journal divulgou anteriormente a meta ampliada do fundo.

O GIP também busca US$ 1,25 bilhão para seu terceiro fundo na Índia, onde as operações são comandadas por Sharad Malhotra.

Os investidores diminuíram alocações em fundos de infraestrutura nos últimos meses. Nos três meses até 30 de setembro, 19 fundos levantaram US$ 8,4 bilhões, uma queda em relação aos US$ 44 bilhões captados no mesmo período em 2018, segundo dados da Preqin. O provedor de dados disse que a maior concorrência pressiona os retornos em alguns mercados, mas observou que o sentimento e o apetite dos investidores pela classe de ativos continuam "robustos".

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net

Economia