PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Daimler imita Hollywood com carro-conceito inspirado em 'Avatar'

Christoph Rauwald

07/01/2020 09h58

(Bloomberg) -- Mesmo pressionado pelo corte de custos, Ola Kallenius, presidente da Daimler, apresentou um veículo conceitual chamativo inspirado em um dos blockbusters mais caros de Hollywood.

O Mercedes-Benz AVTR, cujo nome lembra o filme de ficção científica ambientalmente consciente Avatar, foi projetado para mostrar uma fusão da interação entre o ser humano e a máquina para um modo de transporte "em um futuro muito distante", de acordo com a montadora alemã.

O diretor James Cameron, vencedor do Oscar, esteve ao lado de Kallenius no palco do MGM Park Theatre para estrear o veículo durante a Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas.

O carro movido a energia elétrica possui bateria totalmente reciclável, movimento lateral tipo caranguejo e nenhum volante. Uma função de controle biométrico permite uma fusão do "ser humano e máquina" enquanto o carro monitora os padrões de respiração do motorista, disse a empresa.

O glamour de Hollywood em um dos maiores encontros mundiais de aficionados por tecnologia contrasta com as recentes aparições públicas de Kallenius. Depois de assumir o comando da maior fabricante de carros premium do mundo em 2019, no lugar do veterano Dieter Zetsche, Kallenius teve pouca margem para expor sua visão em meio a desafios, incluindo as consequências da guerra comercial e a onerosa transição para os carros elétricos.

Para aumentar as margens de lucro, o novo CEO prometeu cortar mais de 10 mil empregos em todo o mundo para economizar 1,4 bilhão de euros (US$ 1,5 bilhão) até o fim de 2022. Isso ocorre quando a demanda global por carros esfria após uma década de crescimento quase ininterrupto. A Daimler também economiza para pagar pela aposta nos veículos elétricos necessária para atender às regras de emissões na Europa e competir com a Tesla.

Não está claro se o novo veículo-conceito da Mercedes fará uma aparição na tão aguardada sequência de Avatar, cuja data de lançamento foi adiada do fim deste ano até dezembro de 2021. Kallenius não conseguiu esperar pelo novo filme, pois a Daimler avança com os planos de lançar mais de 10 veículos totalmente elétricos nos próximos três anos.

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net