PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

BlackRock reduz participação em gigante de carvão dos EUA

Will Wade

07/02/2020 15h02

(Bloomberg) -- Mesmo antes de prometer publicamente diminuir seus investimentos em carvão, a BlackRock havia começado a cortar sua participação na maior mineradora dos Estados Unidos.

A maior gestora de ativos do mundo tinha cerca de 4,87 milhões de ações da Peabody Energy em 31 de dezembro, uma participação de 5%, de acordo com documento regulatório divulgado na sexta-feira. A fatia é 14% menor em relação ao fim de janeiro de 2019, tornando a BlackRock a sexta maior acionista da mineradora, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

A BlackRock anunciou no mês passado que colocaria as mudanças climáticas no centro de sua estratégia, um plano que inclui sair de investimentos em títulos e ações de empresas de carvão térmico de suas carteiras ativas de US$ 1,8 trilhão. Empresas financeiras de todo o mundo enfrentam pressão crescente para reduzir investimentos em combustíveis fósseis e ajudar a combater o aquecimento global.

O clima agora é um "fator definidor" para a economia global, disse Larry Fink, CEO da BlackRock, aos acionistas em sua carta anual.

Na quarta-feira, o maior acionista da Peabody, a ativista Elliott Management, tomou uma medida para aumentar o controle sobre a empresa de mineração. As ações da Peabody caíram mais de 70% nos últimos 12 meses já que a indústria do carvão enfrenta demanda cada vez menor de concessionárias e queda dos preços.

Para contatar o editor responsável por esta notícia: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net