PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Demanda por material de escritório esgota monitores nos EUA

Ian King

17/03/2020 14h48

(Bloomberg) -- A pandemia de coronavírus impulsiona a compra de monitores, teclados e webcams, quando milhões de trabalhadores são obrigados a transformar mesas de jantar, salas e outros espaços domésticos em escritórios.

Muitas das maiores empresas do mundo recomendaram que funcionários trabalhem em casa, e vários departamentos impõe restrições ao deslocamento. Isso estimula a compra de materiais de escritório.

Michael Thompson, executivo de contas da startup Human Interest, foi à rede Office Depot do Vale do Silício na manhã de domingo para tentar comprar um monitor. A empresa permite reembolso de até US$ 100 para a compra desse equipamento. Thompson queria comprar um monitor de 27 polegadas, mas um vendedor disse que todos modelos estavam esgotados."Vou à Best Buy", respondeu Thompson, em referência à rede de eletrônicos dos EUA."A Best Buy está sem estoque e mandando as pessoas para cá", informou o vendedor. Thompson acabou comprando um monitor de 24 polegadas fabricado pela Acer por US$ 99, um dos seis monitores disponíveis para venda na loja no dia.

A forte demanda é um dos poucos pontos positivos para a indústria de tecnologia, que enfrenta queda na atividade econômica e interrupções na cadeia de suprimentos devido à pandemia. Cerca de 14% das pessoas que planejam trabalhar em casa estão comprando novos equipamentos de tecnologia, de acordo com pesquisa on-line do CivicScience com mais de 3 mil participantes na segunda-feira.

Samsung Electronics, LG Electronics, AU Optronics e BOE Technology fornecem monitores usados por empresas como HP, Dell Technologies e Acer. Microsoft e Logitech International dominam o mercado de teclados e mouses de última geração, preferidos por profissionais de tecnologia.

"A Logitech é uma das empresas mais bem posicionadas diante da pandemia global, pois seus produtos aumentam a capacidade de uma pessoa se divertir e ser produtiva em casa", escreveram analistas da Wedbush Securities, em nota recente aos investidores.

A Office Depot localizada no Geary Boulevard, em São Francisco, praticamente ficou sem monitores no sábado. "É como papel higiênico e álcool gel", disse um vendedor.

©2020 Bloomberg L.P.