PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Maior produtora de aço global alerta para saturação do mercado

Bloomberg News

28/04/2020 08h35

(Bloomberg) -- A China Baowu Steel, maior produtora mundial de aço, alertou que a recessão global e a drástica desaceleração do mercado automobilístico devido à pandemia de coronavírus aumentam o risco de saturação mesmo com a recuperação da economia da China.

A expectativa da pior recessão em quase um século atinge as exportações de aço chinesas e, com a capacidade doméstica ainda em expansão, o mercado enfrentará excesso de oferta mais significativo, disse a Baoshan Iron & Steel, empresa listada da Baowu, em comunicado na terça-feira. O lucro líquido da unidade caiu 44% no primeiro trimestre. No ano passado, a Baowu ultrapassou a ArcelorMittal como a maior produtora de aço do mundo.

Os mercados globais de aço estão em crise com fábricas e canteiros de obras parados em meio aos esforços para conter a propagação do vírus. Embora a economia da China ensaie uma recuperação, ainda há muita incerteza sobre o escopo da retomada. Excluindo a Ásia, o Citigroup prevê queda de 25% da demanda por aço no terceiro trimestre na comparação anual.

A unidade da Baowu destacou o setor automotivo como grande preocupação, já que muitas fábricas de automóveis estão fechadas globalmente. A Baowu é a maior fornecedora de aço da China para carrocerias de automóveis, e sua participação de mercado e lucros enfrentam grandes desafios devido à desaceleração da indústria, disse.

Os preços domésticos na China para chapas laminadas a quente, um importante produto siderúrgico, caíram para o menor nível desde 2017 no início deste mês em meio à fraca demanda. Embora os estoques tenham diminuído, ainda estão muito acima do normal para esta época do ano.

O coronavírus causa "um impacto muito grande na indústria siderúrgica no curto prazo, mas limitado no longo prazo", já que a crise de saúde não eliminou a prosperidade da economia chinesa, informou a companhia listada. A economia da China deve se expandir menos de 2% neste ano sob o impacto dos confinamentos antivírus combinado com o colapso da demanda global, segundo pesquisa da Bloomberg com economistas.

©2020 Bloomberg L.P.