PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

'Netflix do fitness' capta recursos com grandes investidores

Gillian Tan

01/06/2020 13h37

(Bloomberg) -- Alguns titãs de Wall Street apostam que a expansão do negócio de academia em casa vai durar muito mais do que as quarentenas.

A NEOU, uma startup que se descreve como a "Netflix do fitness", levantou US$ 5 milhões em capital novo de investidores, entre eles Mike Arougheti, diretor-presidente da Ares Management, e David Flannery, ex-diretor-gerente sênior da GSO. A rodada avaliou a empresa em cerca de US$ 40 milhões, disse o CEO Nathan Forster em entrevista.

A NEOU, cujo nome é um trocadilho em inglês (new you) que significa "você novo", captou US$ 30 milhões desde a fundação em 2015. Antigos investidores, incluindo o CEO da Bowers & Wilkins, Gregory Lee e o cofundador da Fresh Direct, Jason Ackerman, também fizeram aportes na última rodada. Os novos recursos serão usados para expandir as ofertas e atrair novos clientes, disse Forster. A empresa com sede em Nova York tem como meta se tornar rentável nos próximos 12 a 24 meses.

Como outros fornecedores de ginástica em casa, como a Peloton Interactive, a NEOU ganhou impulso com as medidas de isolamento para impedir a propagação do Covid-19. A NEOU, que cobra US$ 14,99 por mês ou US$ 74,99 por ano para que clientes tenham acesso a mais de 3 mil aulas de ginástica, agora tem mais de 50 mil clientes pagantes em mais de 65 países.

"Somos a Netflix do fitness com base em nossa experiência de usuários" e preço acessível, e uma '"Amazon para criadores de conteúdo, pois somos um mercado que fornece aos treinadores uma maneira de escalar digitalmente seus negócios", disse Forster. A startup entrevistou consultores e iniciou conversas com potenciais investidores institucionais antes dos planos de levantar entre US$ 25 milhões e US$ 50 milhões neste ano para impulsionar ainda mais o crescimento, disse.

©2020 Bloomberg L.P.

Economia