PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Deutsche Bank quer acelerar fechamento de agências por custos

Steven Arons

12/06/2020 13h00

(Bloomberg) -- O Deutsche Bank planeja acelerar cortes na rede de agências de varejo na Alemanha como parte do plano do CEO Christian Sewing para reduzir custos.

A extensão dos cortes depende, em parte, dos resultados de um projeto piloto no qual o banco atenderia clientes de suas duas marcas de varejo domésticas, Deutsche Bank e Postbank, na mesma agência, segundo pessoas com conhecimento do assunto. Alguns executivos mostram ceticismo em relação ao teste, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas.

A unidade de varejo alemã está sob pressão para cortar custos depois que Manfred Knof, que comanda a divisão, se comprometeu a gerar 1 bilhão de euros (US$ 1,1 bilhão) dos 2,5 bilhões de euros em economias que Sewing prometeu atingir por meio das principais divisões do banco até o fim de 2022. A expectativa é que o fechamento ou redução de agências gere economias de cerca de 200 milhões de euros, disse Knof.

"Continuamos a ajustar nossa rede de agências como sempre fizemos", disse uma porta-voz por e-mail. "Não planejamos um programa para o fechamento de agências além disso."

O Deutsche Bank já fechou cerca de 400 agências na Alemanha nos últimos quatro anos. Atualmente, o banco possui aproximadamente 1,3 mil, das quais cerca de 500 são agências do Deutsche Bank e o restante do Postbank.

O Deutsche Bank comprou o Postbank - a antiga unidade de financiamento do serviço de correios da Alemanha - em 2010, mas apenas recentemente começou a integrá-lo. Como resultado, Knof está focado em eliminar redundâncias na equipe e funcionários de TI.

Outras iniciativas do responsável pela unidade de varejo envolvem a renegociação de contratos de terceiros. Recentemente, o executivo recebeu propostas para um contrato de distribuição de seguros de longo prazo com a Zurich Insurance, disseram pessoas a par das negociações.

©2020 Bloomberg L.P.

Economia