PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Empresa global de baterias encerra operações e cita Covid

David R. Baker e Brian Eckhouse

12/06/2020 08h57

(Bloomberg) -- A NEC Energy Solutions, uma das poucas empresas de armazenamento de energia com alcance global, está encerrando as operações depois que a pandemia do Covid-19 frustrou os planos de vender o negócio.

Na quinta-feira, a gerência da NEC notificou clientes de que iniciaria um "encerramento ordenado" das operações. A maioria dos funcionários permanecerá na empresa por tempo suficiente para concluir os projetos existentes, de acordo com carta vista pela Bloomberg. Embora a empresa com sede em Massachusetts não tenha planos de buscar novos negócios, continua comprometida com a conclusão de projetos em desenvolvimento.

A japonesa NEC Corp., controladora da empresa, tentou vender o negócio, de acordo com a carta. Mas as "condições de mercado no negócio de armazenamento de energia por baterias em escala de rede e o impacto da pandemia de coronavírus inibiram os esforços para encontrar um comprador adequado", segundo a carta.

A unidade nunca deu lucro desde que foi criada em 2014, disse um porta-voz da matriz em Tóquio. Apesar do mercado de baterias em expansão, existe forte concorrência de preços e essa situação não deve mudar, acrescentou.

Os contratos de manutenção de baterias da subsidiária dos EUA duram até março de 2030 e não serão cancelados até então.

A NEC era uma das empresas do grupo relativamente pequeno da indústria de baterias de grande escala e com alcance global. Sua saída do setor levanta a questão se os problemas são exclusivos da NEC ou também aplicáveis aos concorrentes, afirmou Logan Goldie-Scot, chefe de pesquisa de energia limpa da BloombergNEF.

"É bastante significativo que estejam fechando", disse em entrevista. "Se estão saindo do espaço porque não o consideram viável, há uma série de questões."

Steve Fludder, diretor-presidente da NEC Energy, está renunciando ao cargo e será substituído por Mark Lymbery, a quem a empresa descreve como um executivo "com experiência em reorganização de negócios".

©2020 Bloomberg L.P.

Economia