PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Equipe de Trump avalia estímulo de US$ 1 trilhão para infraestrutura

Iniciativa tem como função estimular a economia norte-americana diante da pandemia - Getty Images
Iniciativa tem como função estimular a economia norte-americana diante da pandemia Imagem: Getty Images

Jenny Leonard e Joshua Wingrove

16/06/2020 07h25

O governo Trump prepara uma proposta de estímulo para infraestrutura de quase US$ 1 trilhão, como parte das medidas para estimular a maior economia do mundo, segundo pessoas com conhecimento do plano.

Segundo uma versão preliminar do Departamento de Transportes, a maior parte dos recursos seria reservada para obras tradicionais de infraestrutura, como estradas e pontes, mas também destinaria fundos para a infraestrutura sem fio 5G e banda larga rural, disseram as pessoas.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deve discutir o acesso à banda larga em zonas rurais em evento da Casa Branca na quinta-feira.

Uma lei de financiamento de infraestrutura em vigor nos EUA precisa ser renovada até 30 de setembro, e o governo vê possibilidade de usá-la como veículo possível para promover um pacote mais amplo, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas.

Congressistas democratas, republicanos e Trump debatem o momento e o escopo de mais estímulos para a economia americana, abalada pelas medidas de isolamento social necessárias para impedir a propagação do coronavírus. É mais um sinal para algum tipo de estímulo em infraestrutura antes das eleições.

Democratas da Câmara ofereceram sua própria proposta de US$ 500 bilhões para renovar o financiamento de infraestrutura por cinco anos. Não está claro no plano preliminar do governo por quanto tempo os gastos seriam autorizados ou como pagaria pelos programas.

Trump pressiona para acelerar a economia dos EUA - que há quatro meses era peça central de sua campanha para um segundo mandato -, já que segue atrás do democrata Joe Biden na maioria das pesquisas nacionais. A Casa Branca estuda maneiras de transferir a próxima rodada de ajuda federal contra o vírus do apoio financeiro pessoal para iniciativas de fomento ao crescimento, como gastos em infraestrutura.

A Casa Branca não comentou detalhes dos planos do governo.

"Desde que assumiu o cargo, o presidente Trump tem levado a sério um pacote de infraestrutura bipartidário para reconstruir nossas estradas e pontes em ruínas, investir em futuras indústrias e promover a eficiência de licenças", disse o porta-voz da Casa Branca, Judd Deere, em comunicado.

É possível que as medidas de infraestrutura atualmente em elaboração possam ser incluídas na próxima rodada de alívio de pandemia. A Câmara aprovou US$ 3 trilhões em estímulos adicionais em maio, mas o Senado, liderado pelos republicanos, rejeitou o projeto e avaliará opções no próximo mês.