PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Eleições são principal preocupação de investidores nos EUA

Joanna Ossinger

24/06/2020 07h56

(Bloomberg) -- As eleições presidenciais nos Estados Unidos são atualmente a maior preocupação entre investidores institucionais de renda variável, superando todos temas em importância, como uma segunda onda de casos de Covid-19 e novas tensões comerciais EUA-China, de acordo com pesquisa da RBC Capital Markets.

Quase 75% dos entrevistados disseram estar preocupados com as eleições de novembro, uma porcentagem maior do que os preocupados com uma segunda onda de coronavírus ou demissões, ou mesmo uma recuperação econômica mais lenta do que o esperado, disseram estrategistas da RBC liderados por Lori Calvasina, em relatório de 24 de junho. A pergunta "o que tira seu sono à noite?" teve as eleições de 2020 como a resposta mais frequente.

Embora essas perguntas não especifiquem a fonte exata de preocupação, analistas do Goldman Sachs recentemente sinalizaram a possível redução dos lucros como resultado de aumento de impostos caso os democratas vençam as eleições em novembro. A pesquisa da RBC mostrou preocupações crescentes sobre o presidente Donald Trump perder a vantagem na disputa contra Joe Biden.

"Nossa pesquisa registrou uma mudança importante na maneira como investidores de renda variável dos EUA estão pensando em uma vitória de Biden", disse Calvasina. O número de pessimistas em relação a Biden aumentou na pesquisa de junho, subindo pela segunda pesquisa consecutiva. "Agora, 60% veem Biden como um resultado baixista ou muito baixista para o mercado acionário, acima dos 24% em nossa pesquisa de dezembro de 2019."

Cerca de 65% dos entrevistados na pesquisa consideram a reeleição de Trump como um resultado altista ou muito altista para as ações.

No entanto, especialistas em políticas do Scowcroft Group disseram que as preocupações dos investidores sobre uma possível presidência de Biden não são precisas e sugeriram que um segundo mandato de Trump pode não ser totalmente positivo para o mercado. Previsões anteriores de baixa no mercado acionário como resultado das eleições presidenciais muitas vezes não funcionaram para estrategistas.

James McCormick, chefe da mesa de estratégia global da NatWest Markets, disse em relatório em 22 de junho que a preocupação entre investidores sobre uma nova onda de casos de coronavírus pode em breve mudar para o que as "tendências preocupantes da Covid-19" podem significar para as eleições presidenciais.

A pesquisa da RBC foi realizada de 15 a 22 de junho com 107 investidores institucionais, principalmente gestores de recursos com foco nos EUA.

Cerca de 56% dos entrevistados disseram que o valuation das ações está alto ou muito alto. Quanto ao dólar, 47% esperam que a moeda americana se enfraqueça nos próximos 6 a 12 meses contra 17% que projetam valorização.

©2020 Bloomberg L.P.