PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Balanços das blue chips trazem efeitos da Covid: Vírus no Brasil

André Romani

30/07/2020 10h47

(Bloomberg) -- Bateria de balanços aquece a bolsa com resultados do segundo trimestre de algumas das principais empresas do país, como Ambev, Bradesco e Vale. A mineradora também retomou dividendos, suspensos desde o rompimento da barragem em Brumadinho (MG), enquanto o BTG Pactual adiou pagamento de juros sobre capital próprio.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, disse via Twitter que testou positivo para a Covid-19 e está em isolamento.

Câmara de Vereadores de SP aprova em 1º turno o projeto de lei para volta às aulas na cidade de SP, segundo G1, e o Brasil flexibiliza entrada de estrangeiros por via aérea.

O Brasil registrou recorde de 69.074 novos casos de Covid-19 em 24 horas, totalizando 2.552.265, enquanto número de mortes também cresceu em nível recorde de 1.595 para 90.134, segundo dados do Ministério da Saúde.

Confira um resumo das últimas medidas adotadas pelas empresas brasileiras devido aos impactos do coronavírus:

30 de julho: Balanços de Vale, Bradesco; BTG

Conselho de administração da Vale decidiu restabelecer a política de remuneração aos acionistas suspensa em janeiro de 2019, após rompimento da barragem em Brumadinho (MG) que matou 270 pessoas. Companhia reverteu prejuízo de US$ 133,0 milhões entre abril e junho de 2019 e e reportou lucro líquido de US$ 995 milhões no segundo trimestre deste ano. O Bradesco registrou lucro recorrente de R$ 3,87 bilhões no segundo trimestre, queda de 40% em comparação anual. Provisão para devedores duvidosos expandida constituiu R$ 8,89 bilhões ante R$ 3,49 bilhões registrado em igual trimestre do ano anterior. Conselho do BTG Pactual adiou pagamento de juros sobre capital próprio.

A Ambev teve queda de 49% no lucro líquido ajustado do segundo trimestre, em comparação anual, ao mesmo tempo que vendas líquidas somaram R$ 11,62 bilhões, número 4,4% inferior frente ao mesmo período de 2019, mas acima da mediana das estimavas de analistas.

JBS contratou mais de 10.000 pessoas no Brasil entre março e junho para repor trabalhadores que foram preventivamente afastados por serem parte do grupo de risco, que apresentaram sintomas ou diagnóstico positivo para Covid-19.

Grupo de Moda Soma fixou preço por ação na média da faixa indicativa e levantou R$ 1,82 bilhão em IPO, com lote adicional. Acionistas da Hidrovias do Brasil aprovaram retomada de IPO e Intelbras contratou bancos para oferta pública inicial, diz o Valor.

29 de julho: Santander Brasil eleva provisões

Santander Brasil abre temporada de balanços para bancos locais com lucro societário de R$ 2,03 bilhões no segundo trimestre, queda de 41% frente o mesmo período do ano passado, e abaixo da menor estimativa entre analistas. Despesa líquida com provisão de devedores duvidosos somou R$ 6,53 bilhões, patamar 91% maior do que no trimestre anterior. Banco diz que constituiu R$ 3,2 bilhões em despesas de provisão extraordinária no trimestre, "resultado da adoção de cenários de stress, com modelos preditivos de riscos""resultado da adoção de cenários de stress, com modelos preditivos de riscos".

Vivo registrou lucro líquido de R$ 1,11 bilhão no segundo trimestre, queda de 22% em comparação anual, com margem Ebitda de 39,8% no período. Conselho da companhia aprovou programa de recompra de ações. Presidente da Minerva, Fernando Galletti de Queiroz, disse que a volatilidade que caracterizou o comércio de carne bovina no último trimestre continua.

China interrompeu importação de aves de fábrica da BRF, enquanto B2W fechou acordo para a inserção dos restaurantes Bob's em seu marketplace.

Direcional divulgou vendas contratadas de R$ 401 milhões no segundo trimestre, após anunciar cancelamento do IPO da Riva 9.

28 de julho: Carrefour Brasil, Biosev

O Carrefour Brasil registrou lucro líquido ajustado de R$ 713 milhões no segundo trimestre, superior a maior estimativa entre as compiladas pela Bloomberg, de R$ 547,0 milhões. Volume bruto de mercadorias nas vendas online de produtos alimentares saltou 377%. A Biosev conseguiu um "waiver" para sua dívida, após a disparada do dólar elevar o endividamento e quebrar alguns covenants financeiros. A dívida da Biosev era de R$ 7,3 bilhões no final de março, um aumento de 22% em relação ao ano anterior.

A incorporadora Riva 9 precifica hoje seu IPO. A rede de farmácias Pague Menos divulgou detalhes da sua oferta inicial, cuja precificação é esperada para 27 de agosto, segundo cronograma. Kalunga contratou bancos para IPO e espera levantar mais de R$ 1 bilhão, diz o Valor.

Os pilotos da Latam Brasil rejeitaram proposta de acordo coletivo feita pela empresa, diz a Folha.

25, 26 e 27 de julho: Oferta de ações; aéreas

A Rumo contratou bancos e convocou assembleia para 11 de agosto para tratar sobre oferta de ações ordinárias. Recursos seriam utilizados para execução de diversos projetos estratégicos impulsionados pela recente renovação antecipada da concessão Malha Paulista e para pré-pagar outorgas devidas em virtude dos contratos de concessão da companhia. Tamanho da oferta e cronograma não foram divulgados.

A Kalunga e a Havan estão em estágios iniciais de seus planos de abertura de capital, diz o Valor. Segundo o jornal, a incorporadora mineira Patrimar deve buscar pelo menos R$ 1 bilhão por meio de oferta primária. Cyrela apresentou à CVM pedido de retomada do IPO da Cury.

Azul e Gol têm ratings rebaixados por S&P. Entre outros pontos, agência de avaliação de risco destaca que o pacote de capitalização das aéreas, que poderia envolver cerca de R$ 2 bilhões e outras formas de financiamento, está demorando mais que o esperado para se materializar.

Hypera teve lucro líquido de R$ 396,4 milhões no segundo trimestre, alta de 18% anualmente. Shoppings continuam movimento de reabertura em algumas regiões. Grupo Iguatemi reabre três shoppings hoje: Iguatemi Campinas, Shopping Galleria, em Campinas, e Iguatemi São Carlos. Multiplan retoma operação do Jundiaí Shopping, enquanto Aliansce Sonae retoma atividades no Shopping Bahia.

24 de julho: JBS acelera produção nos EUA

Produção de carne nos EUA voltou a "níveis normais" após a onda de paralisações de fábricas em razão de surtos de coronavírus, disse André Nogueira, CEO das operações da JBS nos EUA, em webinar realizado na noite de quinta-feira. Segundo ele, a produção do frigorífico naquele país está nesta semana acima do mesmo período do ano passado, mesmo com as medidas adotadas para evitar a contaminação por Covid-19 entre os trabalhadores. MPT pediu o afastamento de todos os funcionários da planta da JBS em Colíder, Mato Grosso.

Dimed e Irani estreiam novos papéis, enquanto Farmácias Nissei escolheu bancos para IPO de R$ 1 bilhão, diz o Brazil Journal, citando fontes próximas ao assunto.

23 de julho: Ofertas, Embraer, Petrobras

A Embraer concluiu financiamento de US$ 300 milhões com cinco bancos para financiamento ao capital de giro para exportações, com prazos de até quatro anos. Desembolsos devem ser concluídos neste mês.

A Petrobras aprovou pagamento de R$ 1,7 bilhão em dividendos para as ações ordinárias e R$ 2,5 milhões para as ações preferenciais. O pagamento ocorrerá em 15 de dezembro.

A Vasta, da Cogna, lançou oferta pública inicial de 18,6 milhões de ações nos Estados Unidos. Após retomar IPO da Caixa Seguridade, Caixa pretende listar também seu braço digital na bolsa, diz o Valor, citando o presidente do banco, Pedro Guimarães. Plano & Plano pediu registro de IPO, diz a Cyrela, acionista da companhia.

Novos papéis da IMC estreiam hoje após follow-on. Dimed fixou a R$ 30,00 suas ações e levantou R$ 480 milhões em oferta primária para novos investimentos, enquanto, na tranche secundária, acionistas arrecadaram R$ 556,7 milhões, com lote adicional. Irani captou R$ 405 milhões em oferta primária.

Construtora Helbor reportou queda de 49% nas vendas contratadas no segundo trimestre ante o mesmo período de 2019, enquanto a empresa de aluguel de carros Movida viu sua receita líquida subir 5,8% na mesma comparação, segundo dados prévios não auditados. A Cemig suspendeu guidance de 2020 por impactos da pandemia.

22 de julho: Produção da Petrobras; B2W, IMC

A Petrobras reportou produção média de 2,8 milhões boe/dia de óleo e gás no segundo trimestre, queda de 3,7% ante o primeiro trimestre. Apesar disso, o resultado ainda é positivo no acumulado do ano devido à significativa expansão na região do pré-sal - houve alta de 10,4% no primeiro semestre, em relação ao mesmo período de 2019. A meta de produção para 2020, de 2,7 milhões boe/dia, foi mantida com variação de 2,5% para cima ou para baixo. Em relação aos efeitos da Covid-19, foram reiniciadas, em maio, duas importantes plataformas que haviam sido fechadas devido à pandemia -- um sinal de que a produção deve vir mais forte no terceiro trimestre.

IMC fixou o preço de suas ações a R$ 4,25, desconto de 16% em relação ao último fechamento. Oferta levantou R$ 384,4 milhões, com lote adicional. Recursos serão utilizados para expansão das marcas Frango Assado, KFC, Pizza Hut no Brasil e compra de franqueados. Dimed e Irani precificam hoje suas ofertas de ações.

Além disso, B2W aprovou aumento de capital, por subscrição privada, de cerca de 35 milhões de ações ordinárias, a R$ 115 cada papel, em operação que chega a R$ 4 bilhões. Recursos serão utilizados para a aceleração do plano estratégico de crescimento, como eventuais aquisições estratégicas. Ações da empresa fecharam ontem a R$ 119,23.

Renault suspendeu um turno de trabalho e demitiu 747 trabalhadores em sua fábrica de São José dos Pinhais (PR), diz o Estado.

21 de julho: Produção de minério de ferro da Vale abaixo do esperado

A Vale produziu 67,6 milhões de toneladas de minério de ferro no segundo trimestre, abaixo da estimativa compilada pela Bloomberg de 69 milhões de toneladas. Apesar dos impactos da Covid-19, a Vale também manteve guidance da produção para o metal em 2020, de 310 milhões a 330 millhões de toneladas, enquanto, em vendas, reportou 54,6 milhões de toneladas métricas, queda anual de 12%. Após o fechamento do mercado é a Petrobras que divulga dados operacionais de produção entre abril e junho.

Aliansce Sonae anunciou reabertura do Boulevard Shopping Campos, Uberlândia Shopping, Boulevard Londrina Shopping, Passeio das Águas Shopping e Boulevard Shopping Bauru. Parceria entre a Aliansce Sonae e Multiplan, o Parque Shopping Maceió também foi reaberto. IMC precifica oferta primária de 67 milhões de ações para reforço de caixa, expansão das marcas Frango Assado, KFC, Pizza Hut no Brasil e compra de franqueados.

Via Varejo disse que a publicação de dados operacionais na sua conta no Twitter ontem não foi autorizada. As ações da empresa fecharam com alta superior a 7%, após divulgação de números expressivos de vendas de eletrônicos em maio e junho. Os posts foram apagados na sequência.

18, 19 e 20 de julho: Embraer tem queda na entrega de aviões

A Embraer entregou 17 jatos no segundo trimestre deste ano, queda de 67% frente ao mesmo período do ano passado. Do total, foram 4 do segmento comercial e 13 do segmento executivo. A carteira de pedidos somou US$ 15,4 bilhões no período, -8,9% na comparação anual. Segundo a Embraer, a menor entrega de aviões frente aos anos anteriores deve-se, principalmente, à pandemia da Covid-19. Vale divulga relatório de produção referente ao segundo trimestre após o fechamento do mercado.

A Randon reportou queda de 3,2% na receita líquida consolidada em junho na comparação com mesmo mês do ano passado. Dado mostra relativa recuperação frente aos resultados dos meses anteriores: em maio, a companhia apresentou queda de 29,4% na comparação anual e, em abril, tombo de 52,4%. Companhia do setor de energia 2W Energia pediu registro de IPO à CVM, enquanto a Caixa Seguridade pretende abrir capital em outubro, diz o Estado, após empresa retomar análise de oferta pública inicial.

Iguatemi anunciou a reabertura parcial do shopping Iguatemi Esplanada, famoso por estar "dividido" entre duas cidades. Uma parte do empreendimento está localizada em Sorocaba, enquanto o restante está em Votorantim, ambas no interior de São Paulo. Cada uma dessas duas áreas do shopping terá regras diferentes de funcionamento obedecendo às orientações das respectivas autoridades municipais.

17 de julho: Caixa Seguridade retoma IPO; construtoras

A Caixa retomou análise de IPO de Caixa Seguridade, segundo comunicado. Processo tinha sido suspenso em março. O grupo de distribuição farmacêutica Profarma divulgou detalhes da oferta pública inicial da d1000, seu braço de varejo. Em outro IPO aguardado, Morgan Stanley, Itaú BBA e Santander assessoram a Cosan no processo de abertura de capital da Compass, a primeira unidade da companhia que virá a mercado em meio à reestruturação societária, diz o Valor, citando pessoas não identificadas com conhecimento no assunto.

A EZTec reportou vendas líquidas de R$ 123 milhões no segundo trimestre, queda de 67% anualmente, e não lançou novos empreendimentos no período. Já a Tenda teve lançamentos de R$ 630,2 milhões no segundo trimestre, alta de 6,4% frente ao mesmo período do ano passado, enquanto vendas líquidas subiram 20,1%. Presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, diz que demanda chinesa por petróleo está forte.

A ajuda financeira prometida pelo governo para as companhias aéreas pode chegar apenas em setembro, disseram duas pessoas com conhecimento sobre o assunto, que pediram para não ser identificadas pois a negociação não é pública. As negociações com Gol e Azul estão em andamento, disseram as pessoas, enquanto as conversas com a Latam perderam força e há dúvidas sobre se o BNDES poderia dar auxílio financeiro a uma empresa que entrou em recuperação judicial nos Estados Unidos, disse uma pessoa. A Gol disse em resposta por email que segue negociando com o BNDES e espera que haja uma definição "nas próximas semanas." A Azul afirmou que continua em negociação com o BNDES "e não há novidades para compartilhar neste momento." A Latam disse por email que as negociações com o BNDES continuam acontecendo. O BNDES preferiu não comentar.

16 de julho: JHSF levanta R$ 399,8 mi; repasse tarifário da Sabesp

A JHSF fixou a R$ 9,75 suas ações em oferta primária que captou R$ 399,8 milhões, desconsiderando o lote adicional vendido pelo BTG Pactual. Recursos serão utilizados para expansão da estratégia digital da companhia e projetos de expansão dos segmentos de incorporação e renda recorrente. As novas ações das Lojas Americanas estreiam hoje na bolsa, após oferta primária.

A Arsesp autorizou a aplicação de reajuste tarifário anual de 3,4% pela Sabesp. Repasse foi aprovado, mas postergado pela agência reguladora, em abril, devido à pandemia. Percentual carrega compensação pelo atraso na aplicação. A Oi reportou geração de caixa operacional líquida das recuperandas negativa em R$ 113 milhões em maio, queda de 73% anualmente.

15 de julho: Lojas Americanas capta R$ 7,87 bi

A Lojas Americanas precificou em R$ 29,78 as ações ordinárias e em R$ 34,50 os papéis preferenciais de oferta primária que levantou R$ 7,87 bilhões, com lote adicional. Ações estreiam em 16 de julho. A JHSF precifica oferta primária, enquanto a Hidrovias do Brasil convocou AGE para 3 de agosto para tratar de realização de oferta pública inicial de ações.

Warburg Pincus e Advent procuram compradores para um bloco de aproximadamente 30% da Restoque, diz o Brazil Journal, citando como fonte pessoa não identificada com conhecimento do assunto. A companhia concluiu negociações para recuperação extrajudicial no início de junho. Dona da Riachuelo, Guararapes suspendeu processo para transformar a Midway Financeira em banco múltiplo e irá solicitar ao Banco Central a autorização para oferecer contas digitais. Multiplan retoma nesta quarta-feira a operação do ParkShopping Barigüi, em Curitiba, com horário de funcionamento reduzido.

BR Distribuidora teve volume de vendas de diesel, gasolina e etanol em junho 7% superior ao verificado em maio.

14 de julho: AGE da Smiles; vendas da Cyrela

Conselho de administração da Smiles aprovou a convocação de Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para 20 de agosto a pedido de acionistas minoritários. A assembleia vai discutir apenas a eventual propositura de ação de responsabilidade civil contra membros da diretoria da companhia que celebraram contratos de compras antecipadas de passagens. Em 6 de julho, a Smiles anunciou a compra antecipada de R$ 1,2 bilhão em passagens de sua controladora, a Gol.

A Cyrela reportou vendas contratadas de R$ 818 milhões no segundo trimestre, valor 57% inferior ao registrado no mesmo período do ano anterior. Após perder grau de investimento pela S&P, Braskem tem perspectiva alterada a negativa pela Moody's. A B3 disse que volume financeiro médio diário para segmento de ações subiu 104% anualmente em junho, enquanto no segmento de derivativos houve alta de 47,8%.

Lojas Americanas precifica nesta terça-feira oferta primária de 80 milhões de ações ordinárias e 100 milhões de ações preferenciais. Incorporadora You Inc divulgou detalhes de seu IPO, que pode levantar cerca de R$ 984 milhões, no preço médio da faixa indicativa que varia entre R$ 17,50 e R$ 23,50, sem considerar lote suplementar, para a aquisição de terrenos e aumento de participação em projetos.

11, 12 e 13 de julho: IPOs; Cemig tem outlook elevado por S&P

Onda de IPOs segue firme na bolsa. Dimed e acionistas aprovaram oferta primária e secundária com esforços restristos de 32,1 milhões de ações, sem considerar lote adicional, para investimentos em novas lojas, tecnologia da informação e logística. Precificação ocorre em 22 de julho. Construtora Even contratou bancos para potencial oferta de ações ordinárias de sua subsidiária Melnick Even, com atuação na região Sul do país. Já listada na bolsa, Irani anunciou oferta de ações ordinárias. Operação é considerada um "re-IPO" pelo mercado, devido a baixa liquidez do papel atualmente, diz o Valor. Ações da Ambipar estreiam hoje, após papéis terem sido precificados no topo da faixa indicativa.

A S&P revisou outlook da Cemig para positivo e diz que perspectiva reflete visão de que há 1/3 de chance de atualização, nos próximos 12 meses, se a Cemig mantiver recursos de operações (FFO) para dívidas em torno de 13%, dívida para EBITDA perto de 4,5x, e fontes sobre usos de liquidez acima de 1,1x. A Grandene anunciou a retomada total de todas as suas atividadas a partir desta segunda-feira.

10 de julho: IMC e CVC captam recursos

O IMC aprovou oferta primária de 67 milhões de ações ordinárias com esforços restritos, para expansão das marcas Frango Assado, KFC, Pizza Hut no Brasil, compra de franqueados e reforço de caixa. Operação pode arrecadar até R$ 427,8 milhões, com base no preço de fechamento de 9 de julho, de R$ 4,73, e lote adicional de até 35%.

O conselho da CVC aprovou aumento de capital de até R$ 301,7 milhões por meio da emissão de no máximo 23,5 milhões ações ordinárias para subscrição privada, precificadas a R$ 12,84 cada -- papéis da companhia fecharam em 9 de julho cotados a R$ 19,30 na B3. Os participantes terão direito a um bônus de subscrição para cada ação subscrita, com potencial de adicionar R$ 401,3 milhões ao valor total da operação. Recursos serão usados para viabilização da retomada das vendas a crédito e parceladas, cerca de 85% do total das vendas da CVC, e no enfrentamento da pandemia.

Ambipar precificou IPO em R$ 24,75 por ação, topo da faixa de preço indicada. Operação levantou R$ 1,08 bilhão, com lotes extras. Operadora de rede móvel brasileira Surf prepara IPO, de acordo com pessoas com conhecimento do assunto, mas detalhes como o tamanho da operação ou a data ainda não estão definidos. Um representante da empresa não quis comentar.

Enauta teve produção total de petróleo e gás de 1,44 milhões de barris equivalentes de petróleo no segundo trimetre, enquanto distribuição de energia da EDP Brasil caiu 11,6% no segundo trimestre frente ao mesmo período do ano anterior.

9 de julho: Latam Brasil pede recuperação judicial; Gol prevê aumento de voos

Em um novo baque para as aéreas, a Latam entrou com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos para sua unidade no Brasil, em meio aos efeitos devastadores da pandemia de Covid-19. A companhia chilena, a maior do setor na América Latina, tinha entrado com pedido de recuperação em Nova York em maio, mas havia deixado de fora suas operações no país. Câmara dos Deputados aprovou MP de ajuda as aéreas e regulamenta reembolso de passagens em meio à pandemia e texto agora vai ao Senado, diz a Agência Câmara. Gol projeta aumento nos voos diários de 120 para 250 em julho -- cerca de 25% do realizado no mesmo período de 2019 --, enquanto capacidade deve subir 300% no terceiro trimestres frente ao período imeditamente anterior.

A S&P retirou grau de investimento da Braskem e colocou perspectiva estável. A agência de classificação de risco disse que a demanda por produtos químicos globais sofreu impacto substancial em 2020, enquanto uma recuperação aos níveis de 2019 é incerta. Operador de logística portuária Wilson Sons reportou alta anual de 7,7% em rebocagem em junho, ao mesmo tempo que movimento em terminais de contêineres subiu 1,1%.

Ambipar precifica oferta primária de aproximadamente 38 milhões de ações.

8 de julho: MRV bate recorde de vendas; ocupação da Azul cresce

A MRV reportou vendas líquidas contratadas recorde em R$ 1,81 bilhão no segundo trimestre, alta de 8,6% frente ao primeiro trimestre, enquanto lançamentos atingiram R$ 942 milhões, o que representa quedas de 13% e 48% nas comparações trimestral e anual, respectivamente. Em relatório, companhia diz que adotou estratégia de redução do volume de lançamentos para aproveitar o alto patamar de estoque apresentado no início do ano.

Azul também divulgou dados operacionais. Taxa de ocupação, em junho, subiu para 75,5% frente a 72% registrado em maio, mas ainda abaixo dos 83,6% na comparação anual, segundo dados preliminares. JHSF informou que retomará as operações no Hotel Fasano a partir de 1º de agosto, com reabertura gradual dos apartamentos.

Incorporadora Lavvi Empreendimentos pediu registro de IPO na CVM, segundo a Cyrela

7 de julho: CVC estuda capitalização; Azul

A CVC disse que está em tratativas finais para uma capitalização para fortalecer sua posição financeira, mas não forneceu mais detalhes sobre a operação. Companhia ainda afirmou que espera concluir demonstrações financeiras de 2019, e uma parcela referente ao primeiro trimestre de 2020, até 31 de julho. O impacto potencial dos erros contábeis na receita líquida de vendas deve ser de aproximadamente R$ 350 milhões -- em março, estimativa era de R$ 250 milhões -- e inclui exercícios anteriores a 2015 até 2019, de acordo com a CVC, que acredita na possibilidade de recuperar R$ 55 milhões em tributos. Segundo a companhia, pandemia levou à necessidade de registro de provisão para impairment no primeiro trimestre de aproximadamente R$ 475 milhões referentes a ativos intangíveis e R$ 81 milhões referentes a créditos de tributos diferidos, enquanto cancelamentos de viagens atingiram R$ 96 milhões até 30 de junho.

Azul teria demitido cerca de 1.000 funcionários, aproximadamente 7% de sua força de trabalho, para conter o impacto da pandemia, diz a Reuters citando uma pessoa não identificada com conhecimento direto do assunto. As demissões atingiram os funcionários que operam em terra, nos aeroportos e na manutenção de aeronaves, segundo o Estado. No final de junho, a aérea firmou acordo coletivo com sindicatos de pilotos e comissários. Minoritários da Smiles questionam compra de R$ 1,2 bilhão em crédito para compra futura de passagens aéreas da Gol, diz o Valor.

Construtora Even registrou vendas líquidas de R$ 301 milhões no segundo trimestre, alta de 18% frente ao primeiro trimestre, mas queda de 33% anualmente. A JHSF anunciou a suspensão temporária das atividades do Catarina Fashion Outlet, localizado no interior do estado de São Paulo, por tempo indeterminado, após autoridades locais determinarem o fechamento dos comércios não essenciais.

A JBS disse que 2,2% dos trabalhadores de sua unidade Goiânia apresentaram resultado positivo para o Covid-19 e foram dispensados, segundo a Reuters, citando comunicado da empresa. Unidade emprega 900 pessoas e ainda está em operação.

4, 5 e 6 de julho: Aéreas; ofertas

Azul disse que espera aumentar capacidade para 303 decolagens diárias em agosto, o que representa aproximadamente 35% da capacidade total da empresa antes da crise, com previsão de crescimento de 290% na demanda ante abril. Taxa de ocupação da Gol foi de 79,1% em junho ante 74,8% em maio, enquanto número de passageiros transportados subiu de 164.000 para 319.000, mas queda anual ainda é de 89%.

China suspendeu compras de mais dois frigoríficos brasileiros, da JBS em Três Passos (RS) e da BRF em Lajeado (RS). A Justiça autorizou a JBS a retomar operações em sua planta de aves em Passo Fundo (RS) até o julgamento de seu recurso contra o fechamento da unidade, ao mesmo tempo que mais de um quarto dos trabalhadores testados em sua planta em Dourados (MS) foram infectados por Covid-19, segundo o MPT no Estado.

Empresas brasileiras continuam a buscar recursos no mercados de capitais em momento visto como favorável para essas operações. Lojas Americanas anunciou oferta de ações que pode chegar a R$ 7 bilhões e será utilizada, entre outros fatores, para aumento de capital da B2W. BR Partners prepara IPO de R$ 600 milhões, diz o colunista Lauro Jardim, do Globo, sem detalhar como obteve informação. Cogna disse que Vasta entrou com pedido de IPO nos EUA, enquanto JHSF aprovou nova oferta de ações. Cosan planeja IPOs de subsidiárias em meio a projeto de reestruturação societária.

Equatorial anunciou que vai aderir a Conta-Covid, destinada ao setor elétrico para enfrentamento da pandemia. Outras distribuidoras como Neonergia, Energisa e Light fizeram o mesmo, segundo o Valor.

3 de julho: XP, elétricas

A XP fechou acordo com a JHSF para a venda de uma área em São Roque (SP) destinada à construção da Villa XP -- a potencial nova sede da corretora afastada dos grandes centros, segundo os jornais. Está prevista a venda de até 500.000 m² da área, onde estão localizados o Catarina Fashion Outlet, o São Paulo Catarina Aeroporto Executivo e um terreno de preservação ambiental.

Após meses de negociações e aprovações, parte das distribuidoras de energia pode não aderir à ajuda ao setor, chamada de Conta-Covid, por considerarem o spread da operação, de CDI + 3,9%, alto demais, diz o Estado.

O Burger King Brasil disse que 75% de suas lojas no país estão em operação e que segue acelerando consistentemente as vendas por meio dos canais delivery e drive-thru. Incorpordoras Lavvi e Plano&Plano juntaram-se a lista de companhias preparando uma oferta pública inicial de ações na bolsa, diz o Valor.

2 de julho: Ofertas; Aliansce Sonae

Aliansce Sonae diz que fechou mais quatro shoppings temporariamente nos estados de São Paulo, Paraná e Goiás em função do aumento da ocupação dos leitos nas respectivas redes de saúde locais devido à pandemia. Atualmente, 17 shoppings do portfólio próprio da companhia estão em operação.

A XP definiu preço por ação a US$ 42,50 cada em operação secundária na Nasdaq. A operação previa a venda de ações em poder de sócios como o fundador Guilherme Benchimol e a General Atlantic -- mas não do Itaú. A mineradora de cobre e ouro canadense Aura Minerals precificou seus BDRs em R$ 820, pixo da faixa indicativa, em oferta primária e secundária na B3. Operação levantou R$ 271,4 milhões.

1 de julho: Cade revoga suspensão de acordo Cielo-Facebook

Cade revogou medida cautelar que suspendia parceria entre Facebook e Cielo, após empresas apresentarem informações adicionais. Nova análise permitiu o entendimento de que não há limitação para que companhia de pagamentos preste serviços a concorrentes do Facebook ou que outras credenciadoras forneçam à rede social os mesmos serviços prestados pela Cielo, diz o órgão. Acordo continua suspenso pelo Banco Central.

Via Varejo concluiu refinanciamento de R$ 2,5 bilhões em antecipação a fornecedores por meio de um empréstimo bancário para preservar caixa em maio à pandemia. Maestro Locadora diz avaliar eventual oferta primária de ações.

Para ver o que as empresas fizeram na crise em junho, clique aqui.

Para ver o que as empresas fizeram na crise em maio, clique aqui.

Para ver o que as empresas fizeram na crise em abril, clique aqui.

Para ver o que as empresas fizeram na crise em março, clique aqui.

©2020 Bloomberg L.P.